Banca & Finanças Morais Pires abandona administração do BES

Morais Pires abandona administração do BES

Vítor Bento acaba de anunciar aos quadros do banco que o antigo administrador financeiro decidiu abandonar a administração do BES, avança a SIC Notícias. Amílcar Morais Pires tinha sido convidado a ficar com o pelouro internacional.
Morais Pires abandona administração do BES
Pedro Elias/Negócios
Negócios 15 de julho de 2014 às 11:51

Amílcar Morais Pires abandonou a administração do Banco Espírito Santo, um dia após a entrada em funções do novo presidente executivo, Vítor Bento, vice-presidente, José Honório, e director financeiro, João Moreira Rato. A decisão foi anunciada por Vítor Bento aos quadros da instituição, segundo a SIC Notícias.

 

Morais Pires, antigo administrador financeiro do BES e nome apontado por Ricardo Salgado para o substituir à frente do banco, tinha sido convidado para ficar à frente da área internacional do BES.

 

Neste cargo, Morais Pires deveria manter a responsabilidade pela operação de Angola, onde o BES tem um problema grave para resolver. O administrador do BES estava a trabalhar neste dossiê há quase dois anos e este era o principal argumento para a sua manutenção no cargo.

 

Morais Pires, braço direito de Ricardo Salgado na gestão executiva do BES, foi a escolha do Conselho Superior da família Espírito Santo para CEO do banco, logo após a saída de Salgado.

 

A escolha do antigo administrador financeiro do BES foi aprovada por quatro dos cinco ramos da família, merecendo apenas o voto contra do ramo ligado a José Maria Ricciardi. Um dia mais tarde, a 20 de Junho, esta escolha foi validada pelo Conselho de Administração do ESFG.

 

No entanto, o facto da lista liderada por Morais Pires não ter a aprovação garantida por parte dos restantes accionistas e pelo Banco de Portugal, obrigou a família a apresentar uma nova lista de candidatos à administração do BES.

 

Desta forma, a 5 de Julho, a Espírito Santo Financial Group avançou que Vítor Bento e João Moreira Rato tinham sido os nomes escolhidos para substituir Ricardo Salgado e Amílcar Morais Pires no Banco Espírito Santo. Esta proposta foi bem recebida pelo Banco de Portugal e pelo Crédit Suisse, segundo maior accionista do BES. 

 

Esta segunda-feira, 14 de Julho, Vítor Bento, Moreira Rato e José Honório assumiram as suas funções no banco, duas semanas antes do previsto devido à turbulência que a instituição tem vivido em bolsa nos últimos dias.   

 

(Notícia actualizada às 12h33)




pub

Marketing Automation certified by E-GOI