Banca & Finanças Nacionalização do Novo Banco viola compromissos europeus
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante, faça LOGIN

Nacionalização do Novo Banco viola compromissos europeus

Nacionalizar o Novo Banco, como sugere o PCP e admite o PS, implica pôr em causa princípios que são pilares da união bancária. E violar compromissos assumidos perante Bruxelas. Portugal é soberano. Mas a Europa pode tirar consequências.
Nacionalização do Novo Banco viola compromissos europeus
Miguel Baltazar
Negócios 25 de fevereiro de 2016 às 00:01

"Temos de deixar os apoios públicos a bancos para trás." No mesmo dia em que o PCP apresentou uma proposta para nacionalizar o Novo Banco, Danièle Nouy, presidente do conselho de supervisão do Banco Central Europeu, recusava

Conteúdo exclusivo para Assinantes Negócios Premium
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone Assinar por 1€ por 1 mês



Notícias só para Assinantes
Análise, informação independente e rigorosa..
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia.
Notícias e conteúdos exclusivos no website e aplicações móveis
Newsletter diária exclusiva para assinantes
Acesso ao epaper a partir das 23:00
Saiba mais
pub

Marketing Automation certified by E-GOI