Empresas Nersant: "Empresas do Ribatejo estão muito empenhadas na abordagem aos mercados externos"

Nersant: "Empresas do Ribatejo estão muito empenhadas na abordagem aos mercados externos"

Maria Salomé Rafael, presidente da Nersant, realçou o carácter exportador das empresas da região ribatejana, lembrando que "as exportações têm vindo a acentuar-se, apesar das dificuldades".
Nersant: "Empresas do Ribatejo estão muito empenhadas na abordagem aos mercados externos"
Pedro Elias
Alexandra Machado 06 de abril de 2016 às 10:02

Abrindo a sessão do "roadshow" da Aicep sobre a agro-indústria, a presidente da associação empresarial da região de Santarém, Maria Salomé Rafael (na foto) assumiu que a abordagem aos mercados externos "é o caminho", salientando a "atenção que o Ribatejo e a região tem tido ao nível do crescimento, inovação e internacionalização".


Em conferência da Aicep, as palavras de elogio à Agência de Investimento e Comércio Externo de Portugal foram feitas, dizendo que o organismo "é determinante para as empresas e associações empresariais" na questão da internacionalização.


Segundo a mesma responsável, Santarém é um distrito heterogéneo, com actividades diversificadas, mas onde o agro-alimentar é um dos mais importantes, sendo as exportações significativas.


As exportações de bens e serviços do Ribatejo subiram acima da média nacional e em 2014 já pesaram 27,6% do volume de negócios das empresas. Há 1800 empresas exportadoras, e 435 exportam mais 50% do seu volume de negócios.

Em 2014 o número de empresas exportadoras aumentou 30% e apesar do volume de negócios global ter caído mais de 1% verificou-se que o peso das exportações sobre volume de negócios cresceu 6,86%.

(notícia corrigida às 11:50 com alteração do nome da presidente da Nersant, Maria Salomé Rafael)




pub

Marketing Automation certified by E-GOI