Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Nokia pretende lançar dez telemóveis 3G em Portugal até ao final do ano

A Nokia Portugal apresentou ontem um novo telemóvel da terceira geração – Nokia 6680 – que deverá ser comercializado ainda este mês por todas as operadoras móveis e anunciou que pretende lançar dez modelos 3G durante 2005.

Ana Filipa Rego arego@negocios.pt 22 de Abril de 2005 às 10:27
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A Nokia Portugal apresentou ontem um novo telemóvel da terceira geração – Nokia 6680 – que deverá ser comercializado ainda este mês por todas as operadoras móveis e anunciou que pretende lançar dez modelos 3G durante 2005.

Em conferência de imprensa, Alessandro Mondini Branzi, director geral da Nokia Portugal, explicou que a empresa continua líder de mercado no país revelando que a quota de mercado se situa entre os 45% e os 55% e que pretende este ano aumentá-la ficando mais perto dos 55%.

O mesmo responsável explicou que está a haver uma grande evolução a móvel de utilizadores 3G, salientando que todas as operadoras móveis portuguesas pretendem chegar ao final do ano com 10% de taxa de utilização destes telemóveis.

Nokia 6680 integra «flash» e «vídeo-share» que permite voz e imagem numa só chamada

Relativamente ao novo telemóvel, que reúne as funcionalidades de voz, imagem e de um PC num só equipamento, Alessandro Branzi explicou que é pela primeira vez integrado o «flash», a vídeo-chamada e a Vídeo-share, que o responsável considera ser uma mais-valia já que a pessoa tem imagem e voz numa só chamada.

O novo «imaging smartphone Nokia 6680» foi optimizado para partilha de imagens, incluindo duas câmaras integradas, tecnologia «flash» e um visor com alta-resolução até 262,144 cores.

O telemóvel apresenta a solução para impressão XpressPrint que foi concebida para imprimir com «elevada» qualidade e «facilidade» as imagens capturadas, bem como «e-mails» e agenda, afirmou o director geral da Nokia acrescentando que com esta solução, os utilizadores podem imprimir directamente do 6680 «num vasto leque de impressoras compatíveis de secretária ou também nas lojas de fotografia».

Vendas de telemóveis da Nokia Portugal crescem 17% no primeiro trimestre

A Nokia Internacional registou resultados que surpreenderam pela positiva e Alessandro Branzi revelou que em Portugal os resultados também foram «bons». Escusando-se a revelar o valor dos lucros e das vendas adiantou, no entanto que estas últimas tiveram um crescimento de 17% no primeiro trimestre do ano.

A Nokia aumentou inesperadamente os lucros do primeiro trimestre em 18%, superando as estimativas dos analistas que previam uma queda dos resultados. Esta evolução foi justificada pela empresa devido ao crescimento da procura por telemóveis.

Os resultados líquidos ascenderam aos 863 milhões de euros, o que compara com os 729 milhões de euros registados em período homólogo, segundo um comunicado da empresa. Os analistas consultados pela Bloomberg estimavam que os lucros da empresa recuassem para 663 milhões de euros.

As vendas da maior fabricante de telemóveis do mundo avançaram 17% para 7,4 mil milhões de euros, enquanto os analistas esperavam vendas de 7,2 mil milhões de euros.

A Nokia prevê lançar 40 novos equipamentos este ano para impulsionar a sua quota de mercado. A empresa adiantou que entre os novos telemóveis, 10 modelos serão de terceira geração (3G).

Ver comentários
Mais lidas
Outras Notícias