Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Novo Banco fica com 9,9% do BESA e recupera parte do empréstimo após recapitalização do banco angolano (act.)

O Banco Nacional de Angola aprovou o plano de recapitalização do BES Angola, que passa pela diluição total das participações dos actuais accionistas, sendo que o Novo Banco ficará com uma posição de 9,9% depois da conversão de parte do empréstimo à instituição financeira angolana. O banco português recupera cerca de 20% do empréstimo de 3,3 mil milhões.

Miguel Baltazar/Negócios
  • Assine já 1€/1 mês
  • 39
  • ...

O Novo Banco vai passar a deter uma posição de 9,9% do capital do Banco Espírito Santo Angola depois do plano de recapitalização da instituição financeira angolana, que foi esta segunda-feira, 20 de Outubro, aprovada pelo Banco Nacional de Angola.

 

O BES concedeu um empréstimo de 3,3 mil milhões de euros ao BESA, o que à actual cotação corresponde a 413,4 mil milhões de kwanzas (Kz). O plano revelado esta segunda-feira garante que o Novo Banco recupere 83,18 mil milhões de kwanzas, através da conversão de dois empréstimos.

 

Assim, explica o Banco Nacional de Angola, haverá a "conversão do montante de Kz 41.596 milhões do empréstimo interbancário sénior num empréstimo comum em dólares norte-americanos e a taxas de mercado, reembolsável em 18 meses, com garantia prestada pelo BESA sobre 50% do seu valor, mediante a entrega de um penhor sobre títulos de dívida pública".

 

Acresce a esta conversão uma outra, no "montante de Kz 41.595 milhões do empréstimo interbancário sénior num empréstimo subordinado em dólares norte-americanos e a taxas de mercado, reembolsável em 10 anos, com a possibilidade de conversão futura em capital social, até ao final do prazo de reembolso, desde que a participação do titular do empréstimo se mantenha abaixo dos 19,99%".

 

Estas duas operações garantem 83,18 mil milhões de kwanzas, ou seja, 20% do empréstimo concedido pelo BES ao BESA. 

 

O plano de recapitalização passa pela "conversão do montante de 7.000 milhões de kwanzas do empréstimo interbancário senior em capital social do BESA, representando uma participação social de 9,9% na instituição, conversão que fica dependente da autorização a obter por parte do titular do empréstimo interbancário senior junto das entidades competentes para a subscrição do referido capital social", lê-se no comunicado do banco central angolano, emitido esta segunda-feira.

 

Contudo, se não se confirmar a conversão deste dinheiro em capital, os sete mil milhões serão acrescidos ao empréstimo em dólares, reembolsável em 10 anos e acima mencionado.

 

Actualmente o BES detém 55,71% do BESA, uma participação que ficou no banco "mau" quando houve o resgate do BES e que, de acordo com o que é referido no comunicado ficará reduzido a zero.

 

O plano de recapitalização dita que haja um "aumento do capital por conversão de parte do empréstimo interbancário sénior, no montante de 360.768 milhões de kwanzas, seguido de uma redução dos capitais próprios dos accionistas por absorção da totalidade dos prejuízos acumulados". Após esta primeira etapa, "os actuais accionistas do banco vêm as suas participações no capital social, completamente diluídas". O que significa que os actuais accionistas deixam de ter qualquer posição no capital do BESA.

 

Já o Novo Banco ficará dono de quase 10% do BESA e garante parte do empréstimo concedido.

 

No comunicado, o Banco Nacional de Angola recorda que o BESA beneficiou de uma garantia soberana de curto prazo, "enquanto se clarificavam as observações que permitissem conhecer a dimensão real das limitações e desenvolver soluções mais definitivas de normalização financeira da instituição."

 

"Contudo, a insuficiência das medidas internas de correcção adoptadas e a incapacidade ou indisposição de reforço de capitais pela maioria do capital accionista do BESA, conforme determinado pelo Banco Nacional de Angola em Julho de 2014, bem como o contínuo agravamento do quadro operacional e financeiro desse banco comercial, resultaram na aplicação de medidas extraordinárias de saneamento pelo supervisor", justificando assim as decisões tomadas e reveladas esta segunda-feira.

 

(Notícia actualizada às 14h32 com mais informação)

Ver comentários
Saber mais Novo Banco Banco Espírito Santo Angola Banco Nacional de Angola
Outras Notícias