Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Nuno Amado diz que 2013 foi a pior data possível para fazer os testes de stress

O presidente executivo do BCP recusa dizer se testes de stress foram justos ou injustos para o banco.

A carregar o vídeo ...
Maria João Gago mjgago@negocios.pt 27 de Outubro de 2014 às 18:09
  • Partilhar artigo
  • 5
  • ...

Quando questionado sobre os resultados do BCP, o banqueiro limitou-se a dizer "é um exercício datado. 2013, para nós, foi uma má data. Foi a pior data possível. Em 2014 já temos mais receitas, menos custos e mais capital". "2013 não foi um bom ano para fazer extrapolações", disse o presidente do BCP.

 

Sobre o que os testes de stress significam para os clientes do BCP, Nuno Amado respondeu que "o BCP é um grande banco português ao serviço dos seus clientes".

 

O BCP "precisava de um plano de reestruturação e os testes de stress vêm dizer que esse plano de reestruturação era necessário e que, face à sua aplicação trimestre a trimestre, estamos hoje mais bem preparados para apoiar os nossos clientes e para cumprir a nossa missão", afirmou o presidente executivo do banco, na conferência de imprensa de apresentação de resultados.

Ver comentários
Saber mais BCP Nuno Amado banca
Outras Notícias