Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Nuno Santos assume cargo de direcção na Dentsu Aegis

O ex-director da RTP vai ser o novo responsável da Dentsu Aegis Network para a área de desenvolvimento de conteúdos para Portugal, Espanha e África Subsariana.

Negócios 08 de Setembro de 2016 às 12:41
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

Nuno Santos, ex-director da RTP e da SIC, vai ser o novo director internacional da unidade de negócos The Story Lab da Dentsu Aegis Network, multinacional dedicada à área de publicidade, media e digital.

De acordo com um comunicado emitido pela empresa, Nuno Santos ficará responsável pelos mercados português, espanhol e também da África Subsariana.

Na prática, o novo director "ajudará a equipa central do The Story Lab a identificar conteúdos, liderando a operação comercial para a implementação de projectos na região ibérica e da África Subsariana". Nuno Santos trabalhará igualmente com os produtores locais no sentido de exportar os seus conteúdos com a ajuda da rede global do grupo, detalha a empresa.

O ex-director da RTP iniciará as suas funções no próximo dia 12 de Setembro e estará baseado em Madrid, reportando a André Andrade, CEO para a região ibérica e da África Subsariana.

Para Nuno Santos este é um desafio "estimulante". "Agradeço ter sido desafiado para, pela segunda vez em três anos, trabalhar fora de Portugal numa organização multinacional, com funções de responsabilidade. É uma forma de me valorizar e de continuar a crescer", acrescenta.

Nos últimos três anos Nuno Santos trabalhou para a produtora Multichoice, depois de em 2013 ter saído da RTP. A saída do jornalista, que à data era director de informação do canal público esteve envolta em polémica.

Nuno Santos foi despedido depois de ter sido alvo de um processo disciplinar, instaurado pela administração na altura liderada por Alberto da Ponte, no seguimento do caso em que a PSP visionou as imagens da RTP, que não foram transmitidas, da manifestação e dos confrontos à porta do Parlamento.

Na altura, a RTP emitiu um comunicado a defender que os motivos que levaram ao despedimento do antigo director de informação da RTP "são de natureza estritamente jurídica e decorrem dos vários comportamentos que o trabalhador assumiu". "Não foi despedido por delito de opinião.

Ver comentários
Saber mais Nuno Santos RTP SIC The Story Lab Dentsu
Outras Notícias