Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

O que fazer em caso de greve?

A TAP não prevê cancelar voos na sequência da greve. Em resposta a nove questões colocadas pelo Negócios, a companhia diz quais os cuidados que os passageiros devem ter se viajarem nos dias de greve.

Celso Filipe cfilipe@negocios.pt 27 de Agosto de 2009 às 10:02
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
A TAP não prevê cancelar voos na sequência da greve. Em resposta a nove questões colocadas pelo Negócios, a companhia diz quais os cuidados que os passageiros devem ter se viajarem nos dias de greve.

Os voos das companhias estrangeiras podem ser afectados durante a greve? Porquê?

A Groundforce presta serviços de assistência em terra nos aeroportos nacionais a mais de 30 companhias aéreas. Estão a ser tomadas todas as medidas possíveis para minimizar os efeitos na operação de transporte aéreo de todas as companhias assistidas. Não estão previstos cancelamentos de voos, mas a greve poderá provocar alguns atrasos na operação.

Que serviços podem vir a ser mais afectados?

A greve poderá afectar, sobretudo, os serviços de placa ligados ao carregamento dos aviões. Em termos de "check-in" e outros serviços prestados na aerogare, o impacto será menor.

Que conselhos dão a quem tiver de voar obrigatoriamente nestes dias?

A TAP vai apelar aos passageiros para que, sempre que possível, cheguem mais cedo aos aeroportos, evitem bagagem de porão, efectuem o "check-in" online no site www.flytap.com, ou utilizem as máquinas de "self-service check-in" (disponibilizadas nos aeroportos de Lisboa e Porto), ou procedam ao "check-in" telefónico, pelo tel: 21 843 11 44 (para viagens apenas com bagagem de mão).

Havendo alguns trabalhadores em greve poderá haver alguma perturbação operacional, em especial atrasos, devendo os passageiros ter calma e paciência em especial no contacto com os trabalhadores ao serviço que estarão sujeitos a uma pressão acrescida pela ausência dos grevistas.

É vantajoso, por exemplo, fazer o "check-in" electrónico ou viajar só com bagagem de mão?

Ver acima. Os procedimentos recomendados facilitam a viagem.

E chegar mais cedo ao "check-in"?

idem

Na véspera do voo a TAP está em condições de informar se o meu voo vai, ou não, realizar-se?

No âmbito dos serviços mínimos determinados pelo Tribunal Arbitral, está garantida a realização de todos os voos da companhia para as Regiões Autónomas, a maioria dos voos de Longo Curso e parte significativa dos voos para destinos europeus onde existam importantes comunidades portuguesas (França, Luxemburgo ou Suíça, por exemplo). Desta forma, e com os meios adicionais atempadamente acautelados pela empresa, a perspectiva é de que se realize praticamente a totalidade dos voos programados.

Caso o voo esteja com excesso de passageiros, quais aqueles que terão prioridade no embarque?

Mais uma vez, prevê-se que se realize a quase totalidade dos voos programados.

Se o meu voo não se realizar, o que devo fazer?

Como em qualquer outro momento, em caso de irregularidade nos voos da companhia ou para qualquer outra informação, os passageiros devem contactar os balcões de apoio da TAP no aeroporto.

A TAP pode promover a transferência de passageiros de uma para outra companhia caso os seus voos não se realizem?

A TAP fará tudo para acautelar os compromissos assumidos com os seus passageiros.

Ver comentários
Outras Notícias