Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Oi adia apresentação de resultados devido ao plano de recuperação

Os resultados de 2017 da Oi deveriam ter sido apresentados na quarta-feira, mas a operadora brasileira adiou a sua divulgação. E justificou com o plano de recuperação.

Reuters
Sara Antunes saraantunes@negocios.pt 29 de Março de 2018 às 08:01
  • Assine já 1€/1 mês
  • 4
  • ...

A operadora de telecomunicações brasileira Oi tinha previsto apresentar os seus resultados de 2017 no dia 28 de Março. Contudo, já passava da meia noite, em Lisboa, quando foi emitido um comunicado onde a cotada revelava que adiou a data de apresentação. 

Os investidores deverão assim conhecer os números de 2017 no próximo dia 12 de Abril. A empresa justificou o adiamento com a "complexidade dos impactos" do processo de recuperação judicial.

"Em razão da complexidade dos impactos do processo de recuperação judicial e da aprovação e homologação do seu Plano de Recuperação Judicial ("Plano") nos trabalhos de elaboração das demonstrações financeiras da Companhia e do parecer dos auditores independentes, relativos ao exercício social de 2017, e com foco na qualidade e adequação do tratamento de suas informações contábeis, a Companhia informa o adiamento da divulgação de suas demonstrações financeiras relativas ao exercício social de 2017, do dia 28 de março de 2018 para o dia 12 de abril de 2018", pode ler-se no comunicado emitido.

A Oi explica no mesmo comunicado que há alguns impactos deste plano que pode já adiantar, revelando que os efeitos contabilísticos "acumulados a serem registados no património líquido da companhia de 2017 serão de aproximadamente 21 mil milhões de reais".

A empresa adianta ainda que estes ajustes contabilísticos "não terão impacto no EBITDA". 

Entre os efeitos contabilísticos está a revisão em baixa da mais-valia gerada pela incorporação da Telemar pela Oi, realizada em Setembro de 2015. Este ajuste "reflecte-se numa baixa parcial da mais-valia do activo, líquido de imposto, no valor de 2,2 mil milhões de reais, no património líquido da companhia, em 2017", adianta a Oi.


Ver comentários
Saber mais Oi telecomunicações resultados plano de recuperação da Oi
Mais lidas
Outras Notícias