Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Oi anuncia homologação do aumento de capital com emissão de 1,5 mil milhões de novas acções

O conselho de administração da brasileira Oi decidiu homologar o aumento de capital por conversão de dívida, depois de ter verificado a subscrição de acções em número superior ao número mínimo de acções do aumento de capital aprovado no início de Março.

Reuters
Negócios 21 de Julho de 2018 às 14:15
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

"A Oi (...) vem informar aos seus acionistas e ao mercado em geral que, em reunião realizada nesta data, o Conselho de Administração da Companhia verificou a subscrição de ações mediante a Capitalização de Créditos Quirografários dos Bondholders Qualificados em número superior ao número mínimo de ações do aumento de capital aprovado em 05 de março de 2018 e (...) deliberou homologar parcialmente o Aumento de Capital, com a emissão de 1.514.299.603 novas ações ordinárias e 116.480.467 bônus de subscrição", informou a empresa ao regulador.

Com a homologação do aumento de capital, o capital social da empresa brasileira passará a ser de 32.038.471.37 reais, dividido em 2.340.060.505 acções, sendo 2.182.333.264 acções ordinárias e 157.727.241 acções preferenciais.

Do total de novas acções e direitos de subscrição emitidos no aumento de capital, 68.263 acções ordinárias e 5.197 direitos de subscrição foram subscritos por accionistas da empresa que exerceram o seu direito de preferência e não condicionaram sua decisão à subscrição da totalidade das acções objecto do aumento de capital.

A maior parte, 1.514.231.340 acções ordinárias e 116.475.270 direitos de subscrição, "foram subscritos por titulares de Créditos Quirografários dos Bondholders Qualificados mediante a capitalização dos seus respectivos créditos", informa o comunicado.

A Pharol já tinha anunciado esta quarta-feira que não participou neste aumento de capital devido ao preço, que foi fixado em 7 reais por acção, um valor bem acima da actual cotação.

  

"Considerando o preço a que o direito de subscrição poderia ser exercido e as actuais condições de mercado da cotação da Oi, em execução do deliberado no Conselho da Pharol na sua reunião de 4 de Julho, a Pharol não acorreu ao aumento de capital", refere o comunicado da empresa liderada por Palha da Silva.

 

Quanto ao outro aumento de capital que a Oi vai realizar, no montante de 4 mil milhões de reais, a Pharol assinala em comunicado que ainda não foi tomada uma decisão.  

 

Ver comentários
Saber mais Oi Pharol aumento de capital
Mais lidas
Outras Notícias