Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Opel Portugal escapa a corte de postos de trabalho da GM na Europa

A fábrica da General Motors em Portugal não vai ser afectada pelo plano de redução de postos de trabalho que o construtor automóvel anunciou hoje para a Europa. O aumento da produção, que está actualmente no máximo da capacidade instalada, e a melhoria do

Tânia Ferreira tf@negocios.pt 14 de Outubro de 2004 às 12:41
  • Partilhar artigo
  • ...

A fábrica da General Motors em Portugal não vai ser afectada pelo plano de redução de postos de trabalho que o construtor automóvel anunciou hoje para a Europa. O aumento da produção, que está actualmente no máximo da capacidade instalada, e a melhoria dos níveis de qualidade e produtividade «livram» a unidade da Azambuja.

A garantia foi dada ao Jornal de Negócios Online por fonte oficial da empresa em Portugal. «Os índices de qualidade e melhorias de produtividade que conseguimos nos últimos dois anos deixam-nos para já totalmente isentos das medidas hoje confirmadas», declarou Miguel Tomé, director de comunicação da General Motors Portugal.

No total, o universo da Opel em Portugal emprega directa e indirectamente à volta de 4 mil pessoas. Presente em Portugal desde 1963, a General Motors Portugal exporta para cerca de 50 países de todo o mundo, 98% da sua produção, o Opel Combo.

A General Motors confirmou hoje que vai reduzir até 12 mil postos de trabalho na região depois das vendas da maior fabricante de automóveis da Europa terem caído 20% desde 1999.

Ver comentários
Outras Notícias