Comércio Operação da Fnac em Portugal “beneficiou de um forte crescimento em 2017”

Operação da Fnac em Portugal “beneficiou de um forte crescimento em 2017”

As receitas da Fnac no ano passado subiram 0,5% para 7.448 milhões de euros. Apesar de não revelar números para Portugal, no comunicado a empresa salienta que as operações em território nacional tiveram “um forte crescimento em 2017”.
Operação da Fnac em Portugal “beneficiou de um forte crescimento em 2017”
Negócios 22 de fevereiro de 2018 às 10:49

As vendas da Fnac na Península Ibérica cresceram 2,9% no ano passado, o que representa um aumento de 2,3% face ao ano anterior, de acordo com o comunicado enviado às redacções. Apesar de não revelar números para o nosso país, a retalhista indica que a "Portugal beneficiou de um forte crescimento em 2017". Já o mercado espanhol "apresentou um nível de actividade estável apesar do impacto negativo da situação política actual na Catalunha".

"A região beneficiou de uma expansão acelerada da rede, com a abertura de oito lojas, incluindo o primeiro franchising do grupo em Portugal. Uma loja foi fechada em Espanha. O canal da internet beneficiou de um crescimento de dois dígitos na região", pode ler-se ainda no documento.

A retalhista francesa Fnac Darty obteve receitas pró-forma no total de 7.448 milhões de euros no ano passado, o que representa uma subida de 0,5%. A margem bruta alcançou os 30,4%, o que reflecte um aumento de 50 pontos base face ao ano de 2016, segundo o documento.

O resultado operacional corrente pró-forma aumentou 33% para 270 milhões de euros dado "o efeito combinado de sinergias e boa execução operacional".

A geração de free cash-flow atingiu no ano passado os 199 milhões de euros.