Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Optimus com receitas de 436,8 milhões de euros até Setembro; atinge 1,8 milhões de clientes

A Optimus registou receitas de 436,8 milhões de euros (87,57 milhões de contos) entre Janeiro e Setembro, com a operadora móvel detida pela Sonae.com a alargar a sua base de clientes para os 1,8 milhões, anunciou hoje a empresa.

João Mata 29 de Outubro de 2001 às 10:22
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
A Optimus registou receitas de 436,8 milhões de euros (87,57 milhões de contos) entre Janeiro e Setembro, com a operadora móvel detida pela Sonae.com a alargar a sua base de clientes para os 1,8 milhões, anunciou hoje a empresa.

As receitas registadas pela empresa de telecomunicações foram correspondentes a 83,45% do volume de negócios consolidado da Sonae.com [SNC] nos primeiros nove meses do ano.

No decorrer do terceiro trimestre do ano, a Optimus obteve vendas consolidadas de 162,39 milhões de euros (32,55 milhões de contos, com as receitas de serviços a corresponderem a 91,7% do total, o equivalente a 149 milhões de euros (29,87 milhões de contos).

Entre Julho e Setembro, a Optimus angariou 141 mil novos clientes, dos quais 72% são utilizadores de serviços pré-pagos, tendo os restantes 28% subscrito serviços de assinatura.

A empresa estima ter chegado ao final do terceiro trimestre «conquistando nova quota de mercado com cerca de 1,8 milhões de clientes, dos quais 1,606 milhões são clientes activos (durante os últimos 30 dias)», segundo um comunicado da Sonae.com.

No final de Setembro, cerca de 81,1% dos clientes da empresa eram utilizadores de serviços pré-pagos, abaixo dos 81,9% verificados no final do trimestre anterior, segundo dados da Sonae.com.

ARPU aumenta para 29,4 euros

O ARPU, ou a receita média mensal por utilizador, cifrou-se nos 29,40 euros (5.894 escudos) no decorrer do terceiro trimestre, o que compara com os 28,20 euros (5.654 escudos) relativos aos três meses anteriores.

De acordo com a mesma fonte, as receitas médias de minutos de utilização «evoluíram positivamente de 0,23 euros (46 escudos) no trimestre anterior para 0,24 euros (48 escudos) no terceiro trimestre deste ano».

Os custos mensais por utilizador foram de 27,20 euros (5.453 escudos) no decorrer do segundo trimestre, o que representa um agravamento face aos custos de 25,80 euros (5.172 escudos) registados no primeiro semestre deste ano.

A margem de EBITDA da operadora, ou «cash-flow» operacional, excluindo o diferimento dos custos de aquisição de novos clientes, cifrou-se nos 12,9% face aos 11,7% registados no trimestre anterior.

A margem por subscritor, que mede a diferença entre o ARPU e os custos médios mensais por utilizador (CCPU), aumentou para os 2,20 euros (441 escudos), 69% acima dos 1,30 euros (261 escudos) apresentados no trimestre anterior.

Receitas de dados atingem 9,7 milhões de euros no trimestre

As receitas de dados totalizaram 9,7 milhões de euros (1,94 milhões de contos) no decorrer do terceiro trimestre deste ano, abaixo dos 9,8 milhões de euros (1,96 milhões de contos) atingidos no segundo trimestre, representando cerca de 9,8% das receitas de clientes.

Esta diminuição trimestral deveu-se «ao facto da Optimus ter resolvido as dificuldades do seu sistema de facturação de SMS», ou mensagens escritas», que começaram a ser pagas a partir de meados de Junho deste ano, segundo a empresa.

A companhia referiu ainda que no decorrer deste trimestre, foram aumentados os preços afectos ao envio de SMS em alguns planos tarifários, o que teve impacto na quantidade de mensagens enviadas e também nas receitas de dados.

O número médio de SMS enviadas por mês, por cada subscritor, foi de 25,7, contra os 31,3 referentes ao primeiro semestre do ano.

As acções da Sonae.com seguiam a cotar nos 2,51 euros (503 escudos), a cair 1,18%.

Ver comentários
Mais lidas
Outras Notícias