Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

"Os Governos consideram a RTP como sua"

Luís Marques, administrador demissionário da RTP, admite que todos os governos consideram a RTP como sua e revela ter ficado surpreendido com a saída de Almerindo Marques da presidência do canal estatal. Numa entrevista ao Correio da Manhã, o responsável

Maria João Soares mjsoares@negocios.pt 14 de Dezembro de 2007 às 11:47
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

Luís Marques, administrador demissionário da RTP, admite que todos os governos consideram a RTP como sua e revela ter ficado surpreendido com a saída de Almerindo Marques da presidência do canal estatal. Numa entrevista ao Correio da Manhã, o responsável revela ainda que a RTPN custa menos de 3 milhões de euros praticamente cobertos por receitas próprias.

Numa entrevista publicada hoje na revista do Correio da Manhã, Luís Marques revela que a decisão do presidente da RTP, de transitar para a Estradas de Portugal, o surpreendeu "e penso, surpreendeu a todos".

"A forma como o processo correu deixou-nos a todos com pouco tempo para encontrar saídas profissionais", diz o vogal da administração da RTP, com a tutela dos conteúdos.

Em relação à intervenção do Governo nos conteúdos editoriais da informação da RTP, Luís Marques admite que "ainda está para nascer o primeiro Governo que goste de tudo aquilo que os jornalistas fazem, sobretudo quando são independentes".

"Essa atitude piora quando se trata da RTP, já que o poder a considera como sua", prossegue, acrescentando que "tanto a direcção anterior como a actual reconheceram que esta administração nunca interferiu nos critérios editoriais, nunca mandou fazer notícias, nunca mandou alterar os alinhamentos dos telejornais, nunca tomou sequer conhecimento da forma como as notícias são seleccionadas e alinhadas".

Sobre os custos da televisão do Estado, Luís Marques garante que "o contrato com o Estado fixa de forma muito clara qual o valor máximo dos seus custos" pelo que "não há sempre dinheiro para os erros que se possam cometer".

Marques avança ainda que a RTPN custa menos de três milhões de euros, praticamente cobertos por receitas próprias.

Ver comentários
Mais lidas
Outras Notícias