Empresas Pais do Amaral pede indemnização de 10 milhões de euros à Mediapro

Pais do Amaral pede indemnização de 10 milhões de euros à Mediapro

A transmissão dos jogos de futebol da liga espanhola em Portugal, que estaria a cargo da empresa de Pais do Amaral, passou a ser feita pela Sport TV depois da Mediapro ter rescindido contrato com o empresário português. É essa rescisão que é agora contestada pelo accionista da Media Capital, de acordo com o "Correio da Manhã".
Negócios 13 de novembro de 2012 às 08:59
Miguel Pais do Amaral quer receber cerca de 10 milhões de euros da Mediapro, a entidade responsável pela transmissão de alguns jogos da liga espanhola de futebol, segundo avança hoje o “Correio da Manhã”.

O empresário, detentor de 10% da Media Capital, dona da TVI, quer uma indemnização pela rescisão do contrato que ligava a sua empresa, a Worldcom, e a Mediapro.

Pais do Amaral acordou um contrato com a Mediapro para transmitir, em Portugal, os jogos da Liga BBVA da presente época de futebol. Contudo, terá falhado um pagamento de 1,67 milhões de euros. A empresa espanhola terá, depois, anunciado a rescisão do contrato alegando a ausência desse pagamento.

O “Correio da Manhã” escreve que a Mediapro rescindiu o contrato com Pais do Amaral numa altura em que ainda não tinha assegurado os direitos dos jogos da liga espanhola para a transmissão das partidas na própria Espanha. Em Agosto, tal como aconteceu em Portugal, houve uma discussão para a transmissão televisiva dos jogos do principal campeonato espanhol entre várias empresas.

Será esse o argumento que Pais do Amaral vai usar junto do Tribunal de Barcelona, segundo o “Correio da Manhã”. A Mediapro perdeu os direitos relativos a 13 clubes já que a Autoridade da Concorrência espanhola alertou para a dimensão temporal dos contratos, o que levou vários desses colectivos a firmarem contratos com outras empresas. Esse facto não foi comunicado a Pais do Amaral, diz o empresário.

Em Agosto, o empresário disse mesmo isso ao “Diário Económico”, referindo que o facto de a Mediapro não ter contrato com clubes da liga de Espanha invalidava o acordo que Pais do Amaral tinha com aquela empresa. “Uma das condições do contrato não estava verificada e isso é muito grave”, disse na altura ao jornal o empresário que estava, em 2010, na administração de 73 companhias.

O accionista da Media Capital estaria a negociar os contratos para transmitir depois os jogos na TVI24, de acordo com o “Correio da Manhã”. Depois da rescisão do contrato, os jogos da liga espanhola foram entregues à Sport TV.



pub

Marketing Automation certified by E-GOI