Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Paralisação aérea arrisca comprometer retoma europeia

A economia europeia, que está a ensaiar uma tímida recuperação, pode voltar ao "vermelho", caso a paralisação do tráfego aéreo se prolongue. O aviso foi hoje deixado pelo Goldman Sachs.

Eva Gaspar egaspar@negocios.pt 19 de Abril de 2010 às 12:01
  • Assine já 1€/1 mês
  • 4
  • ...
A economia europeia, que está a ensaiar uma tímida recuperação, pode voltar ao “vermelho”, caso a paralisação do tráfego aéreo se prolongue. O aviso foi hoje deixado pelo Goldman Sachs.

“Se esta situação se prolongar por mais tempo, vamos sentir seguramente efeitos significativos” na actividade económica, considera Erik Nielsen, economista-chefe para a Europa do banco norte-americano de investimento.

Num cenário extremo, em que o congelamento das ligações aéreas se prolongasse até Junho, “suspeito que assistiríamos a efeitos muito graves nas nossas previsões relativas ao segundo trimestre”, precisou citado pela agência Bloomberg. A Goldman Sachs prevê que a economia europeia cresça 0,8% nesse período

Desde o início da erupção do vulcão na Islândia, na quarta-feira, milhares de voos foram cancelados, deixando quase sete milhões de passageiros em terra, com as companhias a enfrentarem custos colossais, que já terão ultrapassado em muito os que resultaram das restrições de voo impostas após os atentados de 11 de Setembro de 2001.

As estimativas, citadas pela agência Bloomberg, apontam para que neste momento estejam encerrados mais de 300 aeroportos, com as companhias a cifrarem em 230 milhões de euros diários os prejuízos da paralisação.


Ver comentários
Mais lidas
Outras Notícias