Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Perdas da Vodafone mais que duplicam no semestre

A Vodafone, líder mundial nas telecomunicações móveis, registou no primeiro semestre fiscal perdas de 15,91 mil milhões de euros (3,19 mil milhões de contos), representando mais do dobro verificado em igual período do exercício anterior.

Duarte Costa 13 de Novembro de 2001 às 10:09
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
A Vodafone, líder mundial nas telecomunicações móveis, registou no primeiro semestre fiscal perdas de 9,74 mil milhões de libras (15,91 mil milhões de euros ou 3,19 mil milhões de euros), representando mais do dobro verificado em igual período do exercício anterior.

De acordo com a empresa britânica, que controla a operadora portuguesa Vodafone Telecel [TLE], o aumento das perdas deveu-se à contabilização de várias aquisições realizadas.

No primeiro semestre fiscal do exercício anterior as perdas da Vodafone ascenderam aos 4,75 mil milhões de libras (7,76 mil milhões de euros ou 1,56 mil milhões de euros).

As receitas do maior operador mundial de telecomunicações móveis cresceram 27% para os 8,91 mil milhões de libras (14,55 mil milhões de euros ou 2,92 mil milhões de contos).

A Vodafone contabilizou, no primeiro semestre fiscal que terminou a 30 de Setembro, 4,75 mil milhões de libras (7,76 mil milhões de euros ou 1,56 mil milhões de euros) relativos aos activos adquiridos, como a Arcor e a participação na China Mobile, enquanto os analistas estimavam que fossem contabilizados 6 mil milhões de libras (9,80 mil milhões de euros ou 1,97 mil milhões de euros).

O valor da dívida da Vodafone no final do semestre ascendeu aos 9,24 mil milhões de libras (15,09 mil milhões de euros ou 3,03 mil milhões de contos), contra os 6,72 mil milhões de libras (10,98 mil milhões de euros ou 2,2 mil milhões de euros) registados no final de Março.

A operadora anunciou em conferência de imprensa não pretender realizar novas aquisições até ao final do exercício.

A Vodafone avançava 0,14% na Bolsa de Londres, cotando nas 1,75 libras (2,86 euros ou 573 escudos).

Outras Notícias