Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Peugeot pode receber empréstimo de 5,3 mil milhões de euros na próxima semana

A unidade financeira da Peugeot poderá obter na próxima semana um empréstimo de 5,3 mil milhões de euros para se recapitalizar. Os 7 mil milhões de euros em garantias do governo aguardam ainda aprovação da Comissão Europeia.

General Motors compra 7% da Peugeout
Rita Dias Baltazar rbaltazar@negocios.pt 11 de Janeiro de 2013 às 14:11

A PSA Peugeot Citroën poderá conseguir um empréstimo de 5,3 mil milhões de euros para a unidade financeira da empresa na próxima semana. O montante oferecido pelos bancos ultrapassa o inicialmente solicitado pela companhia, segundo a Bloomberg que cita fontes com conhecimento do processo.

 

O empréstimo que visa recapitalizar a empresa e faz parte de um acordo total de 11,5 mil milhões de euros compreende um crédito a cinco anos de 4,1 mil milhões de euros e um outro de 1,2 mil milhões de euros a três anos, em que será possível adiar a maturidade.

 

A PSA conseguiu um aumento do empréstimo de 3,6 mil milhões de euros para 4,1 mil milhões, depois de conseguir atrair a procura de credores liderada pelo BNP Paribas, Credit Agricole, Natixis e Société Générale. O resto da dívida respeita a acordos estabelecidos individualmente com os bancos, segundo a mesma agência.

 

O responsável financeiro da empresa afirmou a 20 de Dezembro que tinha chegado a acordo com perto de 20 bancos para obter financiamento, depois do anúncio da Moody’s ter preocupado a companhia. A agência de notação financeira considera descer para “lixo” o nível de “rating” da unidade financeira da Peugeot. Se isto acontecer os juros a pagar pela empresa aumentam.

 

A Peugeot receberá também 7 mil milhões de euros em garantias do governo francês para emitir novas obrigações, permitindo obter dinheiro com baixas taxas de juro. Esta medida que faz também parte do plano para fortalecer a unidade bancária da companhia, aguarda ainda aprovação da comissão europeia.

Ver comentários
Saber mais Peugeot França automóvel Comissão Europeia
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio