Automóvel Peugeot prevê queda nos lucros devido aos gastos com novos modelos

Peugeot prevê queda nos lucros devido aos gastos com novos modelos

A Peugeot assumiu que a aposta em novos modelos e novas tecnologias terá custos para a empresa. A fabricante automóvel prevê que os lucros atinjam os 4% das vendas nos próximos anos, ao contrário dos 5% previstos o ano passado.
Peugeot prevê queda nos lucros devido aos gastos com novos modelos
Reuters
André Vinagre 05 de abril de 2016 às 09:47

A PSA Peugeot Citroen, liderada pelo português Carlos Tavares (na foto), anunciou que os lucros entre 2016 e 2018 vão ser mais baixos que o esperado devido à aposta da fabricante automóvel em novos modelos e novas tecnologias, escreve a Bloomberg esta terça-feira, 5 de Abril.

 

No ano passado, a fabricante francesa tinha referido que os resultados operacionais iriam chegar a 5% das vendas. Agora, a PSA revê em baixa a previsão e diz que a margem será de 4% entre 2016 e 2018.

 

Estas notícias fizeram com que a cotação das acções da empresa francesa caísse 6,6% para mínimos de Janeiro de 2014.

 

A segunda maior fabricante automóvel da Europa investiu este ano em 26 novos carros e oito veículos comerciais.

 

Para contrariar esta situação, a Peugeot diz que vai manter a sua aposta "moderada" no crescimento e continuar com o controlo "rigoroso" nos custos de produção, disse a fabricante francesa através de um comunicado citado pela Bloomberg.

 

Estes esforços incluem planos para poupar 700 euros em cada carro produzido na Europa, anunciou a empresa.

 

Depois de vários anos em reestruturação, em que a empresa fechou fábricas, congelou pagamentos e terminou a produção de veículos com desempenhos insatisfatórios, a PSA vai agora apostar na expansão, diz a Bloomberg.

 

O Financial Times diz mesmo que a empresa tem planos para regressar ao mercado norte-americano depois de duas décadas de ausência. "Precisamos de proteger a empresa das crises regionais", disse Carlos Tavares, CEO da PSA Peugeot, numa entrevista ao jornal. "A empresa quase pagou com a vida a sua dependência da Europa", acrescentou.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI