Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Pires de Lima: Compete aos accionistas e não ao Governo avaliar interesse da OPA ao BPI

O ministro da Economia, António Pires de Lima, disse esta terça-feira que compete aos accionistas e não ao Governo avaliar o interesse da oferta pública de aquisição (OPA) lançada pelo banco espanhol CaixaBank sobre o BPI.

Miguel Baltazar/Negócios
Lusa 17 de Fevereiro de 2015 às 15:50
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...

"A oferta pública de aquisição significa interesse. Interesse numa empresa, numa instituição com uma história, credível e competente. Se esta oferta é do interesse dos accionistas da instituição, isso compete aos accionistas da própria instituição definirem. Acho que o Governo não deve fazer qualquer tipo de pronunciação sobre este assunto", disse Pires de Lima, em declarações à RTP, à margem de uma reunião dos "amigos da indústria", em Madrid.

 

O CaixaBank anunciou esta terça-feira, 17 de Fevereiro, a intenção de adquirir a maioria do capital do BPI por 1,329 euros por acção, num total de 1,082 mil milhões de euros.

 

O banco catalão é o maior accionista do BPI, contando com quatro membros no conselho de administração do banco português, seguindo-se a empresária angolana Isabel dos Santos, através da Santoro, com 18,6%, e o Grupo Allianz, com 8,4%.

 

A operação foi concertada com o BPI, segundo disse à agência Lusa fonte do banco espanhol.

Ver comentários
Saber mais Pires Lima BPI CaixaBank La Caixa banca OPA ao BPI
Outras Notícias