Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Pires de Lima: Infra-estruturas prioritárias não levantaram discordâncias “graves e substanciais”

Pires de Lima elogiou a capacidade que todos os partidos demostraram em se sentarem no Ministério da Economia “a discutir, ou pelo menos a transmitir os seus pontos de vista”, sobre o relatório das infra-estruturas prioritárias.

A carregar o vídeo ...
Filipa Lino flino@negocios.pt 11 de Março de 2014 às 15:13
  • Partilhar artigo
  • 2
  • ...

O ministro da Economia disse que apesar das diferenças entre os partidos “serem muito substanciais” houve a capacidade de diálogo.

 

“Quero confessar que sentado à mesa das reuniões não vi discordâncias graves e substanciais”, afirmou o ministro um discurso na cerimónia de mudança de imagem da Câmara do Comércio e Indústria Portuguesa.

 

Pires de Lima revelou que dos 30 projectos definidos pelo grupo técnico como prioritários “talvez 27 ou 28 merecem a concordância geral de todos os partidos que estiveram no Ministério da Economia”.

 

“Estamos num tempo em que valorizamos os compromissos”, disse Pires de Lima, enumerando dossiers em que já foi possível chegar a acordo com a oposição, como o IRC. “Será assim em outras matérias fiscais que possam beneficiar os portugueses”, garantiu.

 

O ministro afirmou que cabe aos políticos “dar nota de bom senso” e mostrar “abertura e disponibilidade” para procurar compromissos económicos “para que este momento económico chegue às pessoas”.

 

E voltou a sublinhar a necessidade de um entendimento em matérias fiscais, de financiamento e investimento em infra-estruturas.

 

“Se não conseguirmos sentar-nos à mesma mesa, que exemplo estamos a dar às empresas,  à sociedade civil, às pessoas, que são  o principal motivo da nossa actividade política?”, concluiu. 

Ver comentários
Saber mais Pires de Lima infra-estruturas política
Outras Notícias