Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Pirómanos e ignorantes: Carlos Costa ao ataque

O governador esteve num encontro com banqueiros onde defendeu a sua actuação no Banco de Portugal. Deixou também uma lista de fragilidades e, ainda que não dando nomes, lançou farpas a todos os intervenientes da banca na década entre 2000 e 2010.

Bruno Simão
Diogo Cavaleiro diogocavaleiro@negocios.pt 24 de Novembro de 2016 às 00:01
  • Partilhar artigo
  • 16
  • ...
Vítor Constâncio, José Sócrates, Jean-Claude Juncker e antigos banqueiros como Jardim Gonçalves e Ricardo Salgado. Nenhum nome foi mencionado mas todos foram visados indirectamente nas críticas feitas pelo governador do Banco de Portugal num discurso que devia ter 20 minutos e que acabou por ter mais do dobro do tempo.

"Estamos a enxaguar todos os problemas que gerámos no período de 2000 a 2010. Os reguladores são hoje os bombeiros ...
Ver comentários
Saber mais Carlos Costa Banco de Portugal regulador banca
Mais notícias Negócios Premium
+ Negócios Premium
Outras Notícias