Produtividade e Inovação Podem os dados móveis ser usados para ajudar a combater epidemias?

Podem os dados móveis ser usados para ajudar a combater epidemias?

A Fundação Vodafone anunciou esta segunda-feira em Barcelona que pretende usar os dados móveis para ajudar a combater epidemias no Gana.
Podem os dados móveis ser usados para ajudar a combater epidemias?
Ana Laranjeiro 26 de fevereiro de 2018 às 11:32

No ano de 2014, o Gana foi assolado por uma epidemia de Ébola. Para tentar evitar um cenário idêntico, a Fundação Vodafone acredita ter encontrado um meio para seguir e controlar as epidemias. Como? Com recurso aos dados móveis.

A fundação da operadora britânica de telecomunicações anunciou esta segunda-feira, 26 de Fevereiro, em Barcelona, na Mobile World Congress, que dados móveis agregados e anónimos podem seguir a pista, em tempo real, dos movimentos da população.

O nível de actividade em cada torre celular, relata a Reuters, vai fornecer um "heap map" que mostra onde as pessoas estão, e a que velocidade estão a mover-se, durante um surto epidémico. Além disso, os dados obtidos podem ser usados para apoiar a tomada decisão em várias áreas, como a saúde, agricultura e transporte, segundo a mesma fonte.

Joakim Reiter, director de Assuntos Externos da Vodafone, avançou que a empresa vai usar a sua tecnologia móvel, e dados, para avaliar a mobilidade humana e perceber como é as infecções se espalham. "Isto tem o potencial para salvar milhares de vidas", disse Reiter, citado pela Reuters.

O programa vai ser lançado no final deste ano e vai ser financiado pela Fundação Vodafone e pela Fundação William and Flora Hewlett, de acordo com a agência de notícias.




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
pub