Turismo & Lazer PortoBay compra terreno em Lagos para construir hotel de luxo

PortoBay compra terreno em Lagos para construir hotel de luxo

Após investir 23 milhões em três unidades no Porto e na Madeira, o grupo vai avançar com o oitavo projeto na ilha e o segundo no Algarve, que terá uma centena de quartos e será erguido junto à “paradisíaca” Praia Dona Ana.
António Larguesa 06 de setembro de 2019 às 19:02

O grupo hoteleiro PortoBay, de origem madeirense, acaba de comprar um terreno junto à "paradisíaca" Praia Dona Ana para construir uma unidade de cinco estrelas no Algarve, com pouco mais de uma centena de quartos, que será o seu segundo projeto nesta região.

 

Em conferência de imprensa, o presidente, António Trindade, adiantou que este "é um projeto que [começaria] hoje, se fosse possível", mas aguarda a conclusão do plano de pormenor para aquela zona, prometendo "avançar muito rapidamente quando for dada luz verde".

 

"Para já, estamos sozinhos. É nosso interesse gerir os hotéis, mas eventualmente estaremos interessados em propostas que nos sejam feitas numa lógica de propriedade", acrescentou o empresário, que na região algarvia explora o PortoBay Falesia, de quatro estrelas, em Albufeira. Em 2019, antecipou, as receitas vão "ultrapassar facilmente" os 82 milhões de euros faturados no último ano.

 

No "pipeline" do grupo está também o oitavo projeto hoteleiro na Madeira, que ficará na zona velha do Funchal e terá "um pouco menos de 70 quartos". A tipologia ainda não está fechada, mas Trindade detalhou que "será próximo do Porto Santo Maria (…) e complementar" a essa unidade na capital, que tem a mais alta taxa de ocupação na ilha.

 

O diretor das operações continentais e ex-secretário de Estado do Turismo, Bernardo Trindade, ressalvou aos jornalistas, no Porto, que, apesar deste plano de expansão, que se segue ao investimento de 23 milhões de euros que está a completar este ano, "este grupo não será seguramente conhecido pela quantidade de hotéis que abre, mas pela qualidade que aporta".

 

No Porto com o dono do Beato

 

Os representantes deste grupo, que soma atualmente 15 unidades – 7 na Madeira, um no Algarve, dois em Lisboa, dois no Porto e três no Brasil – falavam esta tarde na inauguração do PortoBay Flores, de cinco estrelas. É o segundo projeto na cidade Invicta, depois de ter comprado ao empresário Paulo Garcia da Costa o hotel Teatro (quatro estrelas), junto ao Sá da Bandeira, no último dia do ano passado.

 

Instalado num palacete com 500 anos de história na Rua das Flores, no centro histórico, o mais recente hotel de luxo portuense conta com 66 quartos e vários serviços, incluindo um spa, um restaurante e um bar. Os projetos de remodelação e de decoração de interiores ficaram a cargo dos arquitectos Samuel Torres de Carvalho e Catarina Cabral, respetivamente.

 

O PortoBay Flores recuperou um palacete com mais de cinco séculos no centro histórico do Porto.
O PortoBay Flores recuperou um palacete com mais de cinco séculos no centro histórico do Porto.
DR



A PortoBay assegura apenas a gestão deste hotel, no qual gastou 1,5 milhões de euros na decoração, uma vez que o principal investidor e proprietário do imóvel, que se encontrava devoluto há vários anos, é o franco-alemão Johannes Tryba, cuja família, através da holding de investimentos suíça Larfa Properties, há um ano comprou o Convento do Beato, em Lisboa, à maiata Cerealis.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI