Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Portucel investe 56 milhões para aumentar produção em Cacia em 20% (act)

Segundo maior investimento de sempre do grupo vai permitir aumentar as exportações anuais em 30 milhões de euros.

O Haitong avalia as acções da Navigator em 4,20 euros, o que implica um potencial de valorização de 26%. A recomendação é de comprar.

O banco de investimento classifica a Navigator com uma das companhias “mais eficientes” da indústria, apresentando margens acima de 20% devido à sua integração total (pasta e papel), baixos custos laborais e nova capacidade de produção.

O Haitong estima que em 2017 a ex-Portucel vai ser capaz de manter o EBITDA estável apesar da redução substancial dos preços da pasta no último ano. “A empresa deve beneficiar de um dólar forte e dos resultados dos programas de eficiência implementados”, refere o banco.

O baixo endividamento (representa em 2016 apenas 1,7 vezes o EBITDA) e o elevado “payout” (percentagem dos lucros distribuídos aos accionistas) permitem à Navigator apresentar um dos maiores “dividend yields”  da Península Ibérica.
Miguel Baltazar/Negócios
Maria João Babo mbabo@negocios.pt 12 de Maio de 2014 às 16:40
  • Assine já 1€/1 mês
  • 6
  • ...

O grupo Portucel vai investir 56 milhões de euros no reforço da capacidade produtiva da fábrica de Cacia em 20%, sabe o Negócios.

 

Um investimento que vai permitir aumentar em 30 milhões de euros as exportações anuais do grupo que, em 2013, atingiram os 1.215 milhões de euros.

 

O projecto da Portucel, que é desde Abril presidida por Diogo da Silveira, passa por aumentar a capacidade de produção de pasta de eucalipto da unidade fabril de Cacia para 353 mil toneladas/ano, sendo este o segundo maior investimento de sempre da empresa.

 

O projecto de expansão da unidade industrial de Cacia permitirá ainda potenciar a criação de postos de trabalho indirectos e aumentar a capacidade instalada de produção de energia renovável em cerca de 9% para 336,7 megawatts.

 

A Fábrica de Cacia, que iniciou a sua actividade em 1953 e emprega 181 colaboradores directos, fabrica e comercializa pasta branca de eucalipto para mercado e para outras unidades do grupo Portucel Soporcel, e também produz energia 

 

O vice-primeiro-ministro, Paulo Portas, apresentou esta segunda-feira, 12 de Maio, um conjunto de novos investimentos empresariais, em diversos sectores da economia, de mais de 180 milhões de euros.

 

(notícia actualizada com mais informação de comunicado oficial)

Ver comentários
Saber mais Portucel Diogo da Silveira Paulo Portas investimento Cacia
Outras Notícias