Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Portucel prevê melhoria dos resultados em 2002

O Grupo Portucel Soporcel estima que os resultados em 2002 serão melhores do que no ano anterior, apesar de se ter sentido uma quebra no terceiro trimestre, disse Jorge Armindo, presidente da empresa.

Ana Torres Pereira atp@negocios.pt 12 de Dezembro de 2002 às 16:20
  • Partilhar artigo
  • ...
O Grupo Portucel Soporcel estima que os resultados em 2002 serão melhores do que no ano anterior, apesar de se ter sentido uma quebra no terceiro trimestre, disse Jorge Armindo, presidente da empresa.

«É expectável que o Grupo possa apresentar resultados melhores» em 2002, «apesar de se ter registado uma baixa no terceiro trimestre», disse Jorge Armindo no 1º Fórum da Indústria organizado pelo «Diário Económico».

Jorge Armindo afirmou que pretende atingir «uma posição de liderança no papel não revisto» na Europa, referindo que neste momento situa-se no quinto lugar do «ranking».

A Portucel Soporcel, em Setembro, tinha um endividamento de 1,04 mil milhões de euros, prevendo atingir 1,029 mil milhões de euros no final do ano, referiu Jorge Armindo.

Nos primeiros nove meses deste ano a Portucel Soporcel teve lucros de 71,3 milhões de euros, mais 27% que no período homólogo.

Contudo, o mesmo responsável relativizou esta redução, uma vez que com a entrada de capital, através da privatização, esses níveis poderão ser ainda mais baixos.

O presidente da Portucel reforçou que o sector da pasta de papel é um onde Portugal «tem mais vantagens e onde pode adquirir mais (vantagens»).

Actualmente a empresa nacional de pasta e papel produz 1,2 mil milhões de toneladas de pasta e 1,05 mil milhões de toneladas de papel, tendo actualmente 2,5 mil milhões de euros de activos.

A Portucel seguia inalterada nos 1,17 euros.

Ver comentários
Outras Notícias