Imobiliário Portugal com 44 novos hotéis em 2017, a maior parte em Lisboa

Portugal com 44 novos hotéis em 2017, a maior parte em Lisboa

44 hotéis abriram no ano passado em Portugal, mais de metade dos quais de quatro estrelas e a maior parte situados na região de Lisboa, informou esta terça-feira a consultora imobiliária Worx.
Portugal com 44 novos hotéis em 2017, a maior parte em Lisboa
Bloomberg
Lusa 20 de fevereiro de 2018 às 16:12
"Em 2017, a Worx contabilizou 44 novas aberturas de unidades hoteleiras espalhadas por todo o território nacional", refere a consultora em comunicado.

No que toca à localização, a Worx aponta que as regiões de Lisboa, Porto e Norte, Centro concentram 62% do número total de aberturas, precisando que, ainda assim, foi na zona da capital portuguesa que se verificou maior fatia de nova oferta hoteleira.

Assim, 24% dos novos hotéis abriram em Lisboa, 22% no Porto e Norte e 16% no Centro.

Seguem-se as regiões do Alentejo e Algarve (ambas com 9%), da Península Ibérica (5%) e dos Açores (4%), entre outras (11%).

Quanto à categoria, 56% destes novos estabelecimentos são de quatro estrelas, percentagem que desce para 23% quando se fala em hotéis de cinco estrelas e para 18% em unidades de três estrelas.

Apenas 3% dos novos espaços são de duas estrelas.

Para este ano, "prevê-se uma abertura de mais de 50 hotéis em território nacional, maioritariamente localizadas na região de Lisboa (47%) e na região Norte (21%)", adianta a Worx.



A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentários mais recentes
Neves 20.02.2018

O turismo é volátil em 2 anos isto está cheio de hotéis vazios

pub