Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Portugal, Espanha e França comprometem-se a implementar o “Corredor Atlântico”

O objectivo é garantir a ligação ferroviária entre os três países que torne o transporte de mercadorias “mais eficiente, mais competitivo e mais económico para a exportação” dos produtos destes países para o resto da Europa. O “Corredor Atlântico” será parcialmente financiado através de fundos europeus.

Negócios 17 de Outubro de 2013 às 18:15

“Foi hoje assinada pelos Governos de Portugal, Espanha e França e pelo Vice-Presidente da Comissão Europeia Siim Kallas uma declaração conjunta relativa à implementação do Corredor Transeuropeu de Transporte Ferroviário de Mercadorias nº 4, o designado ‘Corredor Atlântico’”, revela o comunicado emitido esta quarta-feira.

 

O “Corredor Atlântico” tem o objectivo de ligar estes três países através de uma rede eficiente e fazer a ligação dos mesmos ao resto da Europa.

 

“Este corredor, inserido nas Redes Transeuropeias de Transportes, pretende criar as condições necessárias para que as empresas nacionais passem a dispor de um transporte ferroviário de mercadorias mais eficiente, mais competitivo e mais económico para a exportação dos seus produtos para o resto da Europa”, adianta a mesma fonte.

 

No que respeita a Portugal, este projecto vai ligar “Sines, Setúbal, Lisboa, Évora, Santarém, Leiria, Coimbra, Aveiro, Porto, Viseu e Guarda a França (Paris), com extensão à Alemanha (Manhheim), bem como ao resto da Europa através da interligação com os restantes corredores ferroviários de mercadorias transeuropeus.”

 

“A assinatura de hoje reforça o compromisso dos três países na concretização deste corredor, o que constitui uma mensagem clara do seu empenho na conciliação de investimentos verdadeiramente estruturantes para o desenvolvimento económico e para a criação de emprego, com a necessária consolidação e sustentabilidade das contas públicas.”

 

A Comissão Europeia tinha aprovado este corredor em 2011.

 

O comunicado adianta que para a construção deste corredor “será crucial a mobilização dos 26.000 milhões de euros de fundos comunitários previstos para o financiamento das Redes Transeuropeias de Transportes no período 2014-2020”.

Ver comentários
Saber mais Ferroviário Corredor Transeuropeu de Transporte corredor Atlântico
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio