Indústria Portugal representou 10% das contratações da Bosch a nível mundial em 2018

Portugal representou 10% das contratações da Bosch a nível mundial em 2018

A Bosch Portugal realizou, em 2018, um volume de negócios de 1,7 mil milhões de euros, 90% para exportação.
Portugal representou 10% das contratações da Bosch a nível mundial em 2018
Paulo Duarte
Alexandra Machado 10 de maio de 2019 às 11:25
Mais de 10% dos novos empregos criados pela Bosch a nível mundial em 2018 foram em Portugal, divulgou Javier González, presidente da Bosch para Espanha e Portugal, num encontro com a comunicação social para divulgar os dados referentes ao ano passado.

Em Portugal o número de colaboradores da Bosch aumentou, no ano passado, em 850 para um total de 5.300. A nível mundial foram criados 7.700 postos de trabalho. É em Braga que está a maior parte dos trabalhadores (cerca de 3700).

"Portugal é um país muito importante", realça o mesmo responsável.

Em 2018, a empresa alemã realizou um volume de negócios em Portugal de 1,7 mil milhões de euros, mais 13% que os 1,5 mil milhões de euros referentes ao ano anterior. Carlos Ribas, responsável da Bosch Portugal, já tinha revelado ao Negócios que a empresa tinha crescido em 2018 acima dos dois dígitos, ou seja, mais de 10%. Foi um crescimento de 13%. 

No mercado local (Portugal) as vendas foram de 308 milhões de euros, 28% acima de 2017, ano em que tinha vendido localmente 240 milhões de euros.

Carlos Ribas realça o crescimento da Bosch Portugal em particular nos últimos cinco anos, que tem sido "extraordinário". Mas vai refreando expectativas para o futuro, já que diz não poder ser possível continuar com crescimentos dessa ordem. "Pensávamos que 2018 não fosse tão forte", admitiu, realçando a importância de ter transformado o negócio em Portugal muito dependente da inovação e investigação.

Conforme explicou no encontro com a comunicação social, o objetivo foi ter um centro de competências junto de cada uma das fábricas em Portugal e isso já foi conseguido. Em Braga associando-se à Universidade do Minho; em Ovar à Universidade do Porto; e em Aveiro à Universidade de Aveiro.

Os projetos de investigação desenvolvidos em Portugal já contribuem com cerca de 20-25% do negócio em Portugal. O trabalho de investigação em Portugal resultou no registo de 16 patentes entre 2013-15, e de 30 patentes entre 2015-18. Espera-se que entre 2018 e 2021 sejam registadas 40 patentes.

É também a investigação e desenvolvimento que absorve a maior parte do investimento realizado pela Bosch em Portugal. Em 2018 foram 111 milhões de euros investidos no país, nos centros de inovação e na expansão da sua fábrica em Braga, que somou 20.000 metros quadrados de área de produção e escritórios. 

Em 2019, os investimentos, estimados em 80 milhões, servirão para expandir as instalações em Braga e Ovar. Ainda esta semana, a Bosch inaugurou o laboratório de testes para condução autónoma, que tem uma área de 105 metros de comprimento.



Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI