Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Portugal Telecom reduziu custo estimado do serviço universal em 8%

A Anacom decidiu aceitar a estimativa da Portugal Telecom do custo líquido em que a operadora liderada por Zeinal Bava incorreu para prestar o serviço universal entre 2007 e 2009. Os valores revistos reflectem uma revisão de 6,1 milhões.

Negócios 26 de Junho de 2013 às 17:55
  • Partilhar artigo
  • ...

O custo líquido do serviço universal (CLSU) do serviço de telecomunicações apresentado pela Portugal Telecom (PT) foi aceite pela Autoridade Nacional de Comunicações (Anacom) e saldou-se em 73,5 milhões de euros, segundo a versão pública do relatório do regulador, no período de 2007 a 2009.

 

A operadora reviu em baixa o valor reportado inicialmente de 79,6 milhões de euros, depois de uma entidade independente ter realizado uma auditoria aos custos apurados pela PT e ter solicitado novas estimativas do CLSU, de forma a reflectir a metodologia de cálculo recomendada pela SVP Advisors.

 

A revisão em baixa deve-se à diminuição do total de custos evitáveis e total de receitas perdidas, em 5%, bem como o aumento dos benefícios indirectos em 9%, segundo as estimativas apresentadas pela PT em Fevereiro deste ano e divulgadas esta tarde pela Anacom.

 

O regulador das telecomunicações decidiu aceitar a estimativa da PT para o custo líquido do serviço universal, após a auditoria SVP ter concluído que “na generalidade, os resultados e os cálculos revistos pela Portugal Telecom Comunicações estão de acordo com os princípios, critérios e condições constantes nas determinações da ANACOM”.

Ver comentários
Saber mais Anacom PTC PT Portugal Telecom Portugal Telecom Comunicações
Outras Notícias