Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Portugal e Marrocos estudam auto-estrada de energia debaixo do mar

Lisboa e Rabat vão estudar a viabilidade da construção de um cabo submarino para transportar electricidade entre os dois países.

A carregar o vídeo ...
André Cabrita-Mendes andremendes@negocios.pt 08 de Junho de 2016 às 12:12
  • Assine já 1€/1 mês
  • 7
  • ...
O Governo vai analisar se é viável construir um cabo submarino entre Portugal e Marrocos. Esta infra-estrutura tem a capacidade de transportar electricidade entre os dois países: uma auto-estrada de energia debaixo do mar.

O concurso internacional para o "estudo sobre a viabilidade de construção de interligações de eletricidade entre Portugal e Marrocos" já foi lançado em Diário da República e vai ser formalizado entre governantes dos dois países em Lisboa esta quarta-feira, 8 de Junho.

O orçamento previsto para este estudo é de 200 mil euros para os próximos dois anos. Este projecto decorre do Tratado de Amizade, Boa Vizinhança e Cooperação entre a República Portuguesa e o Reino de Marrocos e tem especial incidência "sobre rotas de abastecimento alternativas e no fomento da segurança energética".

Os dois países têm vindo a aproximar-se nos últimos meses, no âmbito da área da energia, com vários encontros de alto nível tanto em Lisboa como em Rabat.

A possível construção do cabo submarino pode representar uma oportunidade para Portugal exportar energia, pois actualmente produz mais electricidade do que a que consome.


Por outro lado, Marrocos importa a maior parte da energia que consome, isto num cenário de crescimento do consumo de electricidade. Ao mesmo tempo, Rabat quer investir 40 mil milhões de dólares nos próximos 15 anos, com 30 mil milhões a destinarem-se às energias renováveis.

Por representar uma oportunidade de investimento, o país foi visitado recentemente por várias empresas portuguesas na área da energia. E, além da electricidade, também existem oportunidades de cooperação na área do gás natural, sublinhou recentemente o secretário de Estado da Energia, Jorge Seguro Sanches (na foto à direita).

Ver comentários
Saber mais Portugal Marrocos Governo Lisboa Rabat energia electricidade auto-estrada gás natural
Outras Notícias