Banca & Finanças Portugal puxa pelos resultados do Bankinter

Portugal puxa pelos resultados do Bankinter

O banco que comprou o negócio comercial do Barclays em Portugal reportou uma subida de 45% do lucro para 286 milhões de euros.
Portugal puxa pelos resultados do Bankinter
Miguel Baltazar
Rui Barroso 21 de julho de 2016 às 09:39

O Bankinter lucrou 286 milhões de euros nos primeiros seis meses do ano, mais 45% que no mesmo período do ano anterior, informou em comunicado a entidade que comprou o negócio comercial do Barclays em Portugal. O lucro antes de impostos aumentou 44,4% para 401,6 milhões de euros.

Excluindo os impactos da integração do negócio do Barclays em Portugal, o lucro do Bankinter teria subido 2,9% para 203 milhões de euros. O negócio em Portugal, a par de alguns itens extraordinários, deu um contributo de 83 milhões de euros aos resultados do banco. O retorno dos capitais próprios subiu de 10,6% para 12,9%, incluindo a operação portuguesa. Excluindo esta divisão, teria ficado estagnado em 10,5%.

O resultado do banco espanhol ficou abaixo do previsto pelos analistas que acompanham a entidade, que previam um lucro de 319 milhões de euros. Ainda assim, as acções do banco liderado por María Dolores Dancausa ganham 0,38% para 6,291 euros esta quinta-feira.

Apesar da compra do negócio comercial do Barclays em Portugal, o Bankinter refere que os rácios de solvabilidade continuam elevados. "O Bankinter tem um CET1 [rácios de fundos próprios principais de nível 1] de 11,4%, que permanece alto após a compra em Portugal e substancialmente mais elevados dos que o requerido em termos regulatórios". Já os activos do banco aumentaram 13,7% para 65,89 mil milhões de euros.

A 1 de Abril deste ano, o Bankinter concluiu a compra do negócio de particulares, de banca privada e ainda de empresas do Barclays em território português por 86 milhões de euros. 




pub

Marketing Automation certified by E-GOI