Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Portugal recebe 13 milhões de Bruxelas para TGV

A Comissão Europeia decidiu hoje atribuir 350 milhões de euros a grandes projectos da rede transeuropeia de transportes dos estados membros da União Europeia, sendo que deste total 13 milhões de euros são destinados a Portugal.

Negócios negocios@negocios.pt 08 de Setembro de 2005 às 14:25
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A Comissão Europeia decidiu hoje atribuir 350 milhões de euros a grandes projectos da rede transeuropeia de transportes dos estados membros da União Europeia, sendo que deste total 13 milhões de euros são destinados a Portugal.

«A Comissão acaba de atribuir 356 milhões de euros à realização de estudos e à implementação de projectos da rede transeuropeia de transportes (RTE-T)», refere um comunicado de Bruxelas.

A Portugal cabe um total de 13 milhões de euros, que dizem respeito a três projectos relacionados com estudos para a implementação do TGV.

Para a linha Lisboa/Porto foi atribuído um total de 11,5 milhões de euros, sendo 6,5 milhões destinados ao trajecto Coimbra/Porto e o restante a Lisboa/Aeroporto da OTA. Os restantes 1,5 milhões de euros são para o estudo da linha TGV entre Coimbra e Vigo.

A Comissão Europeia adianta que os projectos prioritários beneficiam, só por si, de perto de 85% dos 356 milhões de euros atribuídos aos países da UE. Entre os projectos e estudos que beneficiaram de apoio significativo, que, em muitos casos, completa as subvenções atribuídas nos anos anteriores, conta-se o GALILEO e as futuras linhas ferroviárias alpinas Lyon-Turim e Brenner.

Mais de 70% são atribuídos aos projectos ferroviários e 20% aos sistemas de transporte inteligentes e inovadores, como os sistemas de interoperabilidade no domínio ferroviário.

«A contribuição europeia para os grandes projectos de infra-estruturas transeuropeus desempenha um papel essencial na sua realização. Sem esta contribuição, determinados projectos ficariam por realizar ou sofreriam atrasos significativos», declarou o Vice-Presidente Jacques Barrot. «O projecto Lyon-Turim beneficia, só por si, de um apoio de 48 milhões de euros para o ano de 2005, o que faz da União Europeia o principal fornecedor de fundos deste projecto», acrescentou.

Nas próximas semanas, segundo a Comissão Europeia, serão atribuídos perto de 150 milhões de euros suplementares a um segundo conjunto de projectos identificados no PPI.

Os projectos prioritários da rede transeuropeia representam, só por si, um investimento de 225 mil milhões de euros até 2020.

Ver comentários
Outras Notícias