Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Possível entrada da Guiné Equatorial no Banif evita crivo da supervisão

A Guiné Equatorial mantém interesse no Banif e a gestão diz que pode ajudar a recomprar posição do Estado. Como já só quer investir 100 milhões, Estado africano ficará com menos de 8% do banco, dispensando aval do BdP e BCE.

Miguel Baltazar/Negócios
Maria João Babo mbabo@negocios.pt 04 de Junho de 2014 às 00:01
  • Assine já 1€/1 mês
  • 12
  • ...

A Guiné Equatorial mantém interesse em entrar no Banif, mas reduziu o montante que está disponível para investir de 133,5 milhões para 100 milhões de euros. Uma diferença que deverá dispensar aquele Estado africano de ter de obter autorização do Banco de Portugal para entrar no banco liderado por Jorge Tomé.

...

Negócios Premium
Conteúdo exclusivo para assinantes
Já é assinante? Inicie a sessão
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone
  • Conteúdos exclusivos com melhor da informação económica nacional e internacional;
  • Acesso sem limites, até três dispositivos diferentes, a todos os conteúdos do site e app Negócios, sem publicidade intrusiva;
  • Newsletters exclusivas;
  • Versão ePaper, do jornal no dia anterior;
  • Acesso privilegiado a eventos do Negócios;
Ver comentários
Saber mais Guiné Equatorial Banif Jorge Tomé Banco Central Europeu CPLP Banco de Portugal banca
Mais notícias Negócios Premium
+ Negócios Premium
Capa do Jornal
Informação de qualidade tem valor. Invista. Assine já 1mês / 1€
Mais lidas
Outras Notícias