Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Prejuízos da Lisgráfica agravam-se 44,7% no primeiro trimestre

A Lisgráfica registou um agravamento de 44,7% dos prejuízos do primeiro trimestre, para os 1,91 milhões de euros, face ao período homólogo, não apresentando «sinais de melhoria significativa»,...

Ana Torres Pereira atp@negocios.pt 03 de Maio de 2002 às 18:23
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
A Lisgráfica registou um agravamento de 44,7% dos prejuízos do primeiro trimestre, para os 1,91 milhões de euros, face ao período homólogo, não apresentando «sinais de melhoria significativa», divulgou a empresa em comunicado.

As vendas, neste período caíram 11% para os 9,7 milhões de euros. A empresa «está a tomar medidas convenientes em matéria económica e financeira no sentido de suster tal tendência», segundo a mesma fonte

A Lisgráfica [LIAG], empresa responsável pela impressão de vários jornais nacionais, realizou um investimento de cerca 350 mil euros nos três primeiros meses do ano.

O investimento publicitário caiu 9,5%, reflectindo-se principalmente na imprensa não diária, com uma variação negativa de 11,3%, enquanto a diária caiu 9,8%.

A Lisgráfica fechou a descer 1,92% para 2,56 euros.

Outras Notícias