Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Prejuízos da Sumol+Compal atingem 1,65 milhões de euros no primeiro semestre

A empresa diminuiu as perdas na primeira metade do ano, face a 2012. As vendas no mercado nacional caíram 7,2% tendo registado também uma redução do preço médio de venda global.

Rita Dias Baltazar rbaltazar@negocios.pt 29 de Agosto de 2013 às 19:19
  • Assine já 1€/1 mês
  • 4
  • ...

Os prejuízos da Sumol+Compal ascenderam aos 1,65 milhões de euros, no primeiro semestre de 2013, informou a empresa em comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM). No período homólogo, a empresa tinha registado um prejuízo de 1,7 milhões de euros.

 

Nos primeiros seis meses do ano, os resultados antes de juros, impostos, depreciações e amortizações atingiu os 14,4 milhões de euros, o que corresponde a um aumento de 8,9%, em relação a igual período de 2012.

 

A Sumol+Compal registou, no primeiro semestre de 2013, um volume de negócios de 135 milhões de euros, o que corresponde a uma diminuição de 1,1%, face a igual período do último ano.

 

As vendas da produtora de conservas alimentares decresceram 1,1% para 129,4 milhões de euros, nos primeiros seis meses do ano. Em Portugal, as receitas caíram 7,2% para 92,4 milhões de euros. Já as vendas para os mercados internacionais aumentaram 18,6% para 37,0 milhões de euros.

 

A margem bruta observou um decréscimo de 2% para 70 milhões de euros, e representa 51,8% do volume de negócios. O preço médio de venda global verificou uma ligeira descida, devido a uma procura pouco dinâmica e a um ambiente competitivo baste agressivo.

Ver comentários
Saber mais Sumol+Compal resultados
Outras Notícias