Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Prémios da gestão executiva do BES sobem 25%

Os administradores executivos do Banco Espírito Santo vão receber este ano um prémio de desempenho de 8,1 milhões de euros, o que representa um aumento de 25% face à remuneração variável paga em 2007. O pagamento daquele montante é proposto pela comissão

Maria João Gago mjgago@negocios.pt 13 de Março de 2008 às 06:00
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

Os administradores executivos do Banco Espírito Santo vão receber este ano um prémio de desempenho de 8,1 milhões de euros, o que representa um aumento de 25% face à remuneração variável paga em 2007. O pagamento daquele montante é proposto pela comissão de vencimentos da instituição, estando apenas dependente da aprovação na assembleia geral (AG) de dia 31.

A proposta daquele órgão, que já está disponível no "site" do BES, é justificada com "o alinhamento entre os resultados da actividade social no ano de 2007 e os objectivos estratégicos aprovados".

Deste modo, e tendo em conta, por exemplo, o aumento de 44,3% evidenciado pelo resultado consolidado, a comissão "deliberou a percentagem de remuneração variável a atribuir aos membros da comissão executiva em 1,64% dos lucros líquidos individuais do exercício". No ano passado, o resultado individual do BES totalizou 494,7 milhões de euros, mais 92% que em 2006.

Em termos médios, o prémio referente a 2007 a pagar este ano aos 13 membros da comissão executiva cujo mandato terminou a 31 de Dezembro, é de 624 mil euros por gestor. No entanto, na prática, o valor pago a cada um dependerá também do seu desempenho individual.

Outras Notícias