Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Presidente da Toshiba demite-se na sequência de escândalo contabilístico

Hisao Tanaka, presidente da Toshiba, e outros quatro executivos da gigante tecnológica demitiram-se na sequência do escândalo contabilístico que obrigará a empresa a corrigir resultados em, pelo menos, 152 mil milhões de ienes (cerca de 1,1 mil milhões de euros).

Reuters
Inês F. Alves inesalves@negocios.pt 21 de Julho de 2015 às 10:49
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...

O presidente Hisao Tanaka, o vice-chairman, Norio Sasaki e um ex-presidente e actual consultor, Atsutoshi Nishida, demitiram-se, escreve esta terça-feira, 21 de Julho, a Bloomberg, assumindo a responsabilidade pelo escândalo de falseamento dos resultados contabilísticos da Toshiba.

O "chairman" Masashi Muromachi assumirá o comando da empresa, informou a Toshiba, e a nova administração será anunciada em Agosto. Os resultados referentes ao ano fiscal de 2014 serão apresentados a 31 de Agosto.

A Toshiba terá de corrigir os seus resultados em, pelo menos, 152 mil milhões de ienes (cerca de 1,1 mil milhões de euros). Esta correcção é referente aos resultados de um período de seis anos, sendo que grande parte do montante diz respeito às contas de 2012.

A empresa nipónica contratou elementos externos à companhia para analisar a contabilidade da empresa, sob suspeitas de que os resultados operacionais anunciados não correspondiam à realidade. Segundo a investigação, Tanaka procurou adiar os prejuízos da Toshiba, e os trabalhadores foram incapazes de ir contra as ordens da administração. As irregularidades foram escondidas de forma "engenhosa", concluiu ainda esta auditoria interna, citada pela Bloomberg.

Escreve ainda a agência noticiosa que a Toshiba está a considerar vender activos para reunir algum dinheiro.

O escândalo "deixa os investidores estrangeiros com um sentimento vago de incerteza sobre os ganhos da empresas japonesas", considera Fujiwara, da Shinkin Assets, citado pela Bloomberg, salientando que "isto tem impacto em todas as empresas" do país.

 

 

 

Ver comentários
Saber mais Hisao Tanaka Norio Sasaki Atsutoshi Nishida Bloomberg Masashi Muromachi economia negócios e finanças Japão Toshiba tecnologia
Outras Notícias