A carregar o vídeo ...
Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Presidente-executivo da Blackberry deverá encaixar 55,6 milhões com a venda da empresa

Thorsten Heins, presidente-executivo da Blackberry, poderá estar prestes a receber uma compensação de 55,6 milhões de dólares, cerca de 41,85 milhões de euros, caso seja afastado após a venda da empresa.

Jorge Garcia jorgegarcia@negocios.pt 16 de Agosto de 2013 às 11:26
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...

55,6 milhões de dólares é a quantia que entrará na conta bancária de Thorsten Heins se a Blackberry mudar de donos, e se estes decidirem afastar o ainda presidente-executivo, segundo noticia a Bloomberg. Este valor diz respeito a salários, pagamentos de incentivos e acções, baseado no preço dos títulos da empresa no fim do quarto trimestre fiscal. Este plano foi aprovado pelos accionistas na reunião de 9 de Julho.

 

Na última semana as acções da Blackberry já subiram 19% com a especulação da possível venda da empresa, ou de uma parceria, o que traria, necessariamente, investidores. A empresa anunciou no passado dia 12 de Agosto que iria reunir para considerar todas as hipóteses.

 

Prem Watsa, o maior accionista da Blackberry, vai afastar-se do conselho de administração, elevando a especulação de que possa vir a ter um papel decisivo no salvamento da empresa. Ainda assim, encontrar potenciais compradores poderá não ser fácil.

 

O JP Morgan Chase e o RBC Capital Markets, os bancos da Blackberry, estão à procura de possíveis compradores há quase um ano, tendo até agora encontrado poucos interessados.

Ver comentários
Saber mais Blackberry venda Thorsten Heins
Mais lidas
Outras Notícias