Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Primeira publicação bilingue luso-chinesa chega esta quarta-feira às bancas

A primeira publicação luso-chinesa em Portugal, o Diário de Todos, estará no dia 4 de Fevereiro, pela primeira vez, à venda nas bancas portuguesas. Empresários e governantes acreditam que a publicação facilite e aumente as relações comerciais entre os dois países.

Miguel Baltazar/Negócios
Sara Ribeiro sararibeiro@negocios.pt 03 de Fevereiro de 2015 às 20:51
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

O projecto Diário para Todos nasceu há um ano como plataforma digital. A forte adesão e crescente procura por notícias de Portugal e da China levou à expansão do conceito, explicou a directora do jornal Helena da Cruz Mouro, à margem do lançamento da publicação.

 

O foco do jornal, que vai contar com uma tiragem de 10 mil exemplares, será económico. Cerca de 70% dos conteúdos serão do foro económico, os restantes 30% serão dedicados a outras áreas como cultura ou turismo, detalhou a directora.

 

O embaixador da China em Portugal, Huang Songfu, considera que o jornal "terá um papel muito importante para os cerca de 20 mil chineses que vivem em Portugal". Além disso, devido ao foco económico, permitirá "conhecer a situação dos dois países bem como ter acesso a dados que facilitem a decisão final para investir em Portugal.

 

O lançamento do jornal, que decorreu esta terça-feira no Hotel Tivoli, contou com mais de 120 empresários, maioritariamente chineses. O que demonstra a evolução do peso do tecido empresarial chinês em Portugal.

 

"Enviámos alguns convites. Mas tivemos alguns empresários a contactarem-nos para pedir informações para vir a apresentação do jornal", contou a directora do Diário de Todos.

 

O peso e importância do investimento chinês foram também destacados pelo vice-primeiro-ministro. Paulo Portas lembrou que "num momento difícil para a economia portuguesa a China fez investimentos importantes nos processos de privatizações".

 

O presidente da AICEP, Miguel Frasquilho (na foto), acredita que o novo jornal "é importante para aproximar as relações entre os dois países" e espera que desenvolva ainda mais as relações comerciais.

Ver comentários
Saber mais Portugal China Helena da Cruz Mouro Diário de Todos
Mais lidas
Outras Notícias