Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Privatização da ANA é a grande oportunidade de crescimento da Brisa

O grupo liderado por Vasco de Mello acredita ser o "parceiro lógico" para vários investidores para a operação que o Governo quer lançar em 2012.

Maria João Babo mbabo@negocios.pt 18 de Novembro de 2011 às 12:15
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...
A Brisa considera que a privatização da ANA, operação que o Governo quer lançar no próximo ano, é a sua “grande oportunidade de crescimento”.

No Dia do Investidor da empresa, que está hoje a decorrer em Lisboa, o administrador Daniel Amaral reafirmou o interesse do grupo em concorrer à privatização da gestora dos aeroportos nacionais.

Segundo a apresentação do responsável, “há um número muito limitado de “players” nacionais com capacidade financeira para investir” e esta é “uma oportunidade única para alguém com experiência na gestão de activos de infra-estrutura em Portugal”. A privatização da ANA é também a “única oportunidade real de crescimento nas infra-estruturas nos próximos anos”, a “concorrência é limitada” e é “dos activos menos expostos a Portugal”, destacou.

Por essa razão, Daniel Amaral acredita que a Brisa é entendida como podendo ser “o parceiro lógico para um número significativo de investidores”.

Por outro lado, considerou ainda que a entrada do grupo nesta área de negócio poderia significar um possível acesso a um contrato de operação e manutenção adicional no seu próprio mercado natural.

Na sua apresentação aos analistas, sobre a estratégia de crescimento e de diversificação do grupo, Daniel Amaral referiu ainda que a prestação de serviços de operação e manutenção a nível internacional é outro dos focos da Brisa.

Neste âmbito, referiu que a Brisa vai focar-se no desenvolvimento proactivo desta área de negócio na Índia e Estados Unidos, considerados mercados prioritários, mas sem perder de vista a Turquia.
Ver comentários
Saber mais Privatização da ANA Brisa Vasco de Mello
Outras Notícias