Automóvel Produção automóvel nacional duplicou em Janeiro

Produção automóvel nacional duplicou em Janeiro

A produção automóvel em Portugal apresentou uma evolução favorável em Janeiro de 2018, com um crescimento de 100%.
Produção automóvel nacional duplicou em Janeiro
Negócios 20 de fevereiro de 2018 às 18:38

No mês de Janeiro de 2018 foram produzidos em Portugal 25.267 veículos automóveis, ou seja, mais 100,4% do que em período homólogo de 2017, segundo um comunicado da Associação Automóvel de Portugal (ACAP). A categoria de veículos ligeiros, quer de passageiros quer de mercadorias, foi o sector que registou o melhor desempenho tendo a produção de veículos pesados caído no primeiro mês do ano.

Relativamente às exportações, o comunicado divulgado afirma que os dados de Janeiro de 2018 mostram um acréscimo no número de viaturas exportadas face ao ano anterior de 102,4%. Enquanto, 97,2 % dos veículos fabricados em território português foram levados para mercado externo, contribuindo positivamente para o saldo favorável da balança comercial portuguesa.

A Europa é o mercado que mais recebe veículos automóveis produzidos em Portugal, os 28 Estados-membros da União Europeia perfazem 90,2 % das exportações. Os países que mais contribuem para os bons resultados nas exportações nacionais são a Alemanha (15,7%), a França (15,2%), a Itália (13,4%), o Reino Unido (13,2%) e Espanha (10,6%). Se sairmos da Europa, a Ásia é a região onde se verifica o valor mais expressivo (5,3%) sendo a China o país que mais importa carros fabricados em Portugal (4,8%).

Este aumento na produção automóvel nacional no primeiro mês de 2018 está relacionado com a produção do novo modelo da Volkswagen produzido na fábrica de Palmela. O T-Roc, o SUV citadino produzido na Autoeuropa, contribuiu para este aumento na produção nacional automóvel. A produção do modelo teve início em Agosto de 2017 e até Dezembro de 2017 já tinham sido produzidas 28.000 unidades, um impacto positivo na economia portuguesa com reflexos também na produção automóvel portuguesa.

A fábrica de Palmela espera estar a produzir 200 mil unidades no final deste ano, face às 90 mil actuais.




pub