Construção Produção na construção em Portugal acima da média europeia em Dezembro

Produção na construção em Portugal acima da média europeia em Dezembro

A produção na construção na Zona Euro avançou 0,1% em Dezembro enquanto em Portugal este indicador cresceu 2,3%. Em média, a produção na construção aumentou 2,4% no ano passado na área da união monetária.
Produção na construção em Portugal acima da média europeia em Dezembro
Stringer/Reuters
Ana Laranjeiro 19 de fevereiro de 2018 às 11:15

Na recta final do ano passado, a construção em Portugal deu sinais de estar melhor quer na Zona Euro quer na União Europeia. A produção na construção avançou 0,1% na Zona Euro – suportada por uma subida de 0,5% na construção e penalizada por uma queda de 1,1% no segmento de engenharia civil.

Na União Europeia, a produção na construção subiu 0,6% em Dezembro do ano passado, comparando com o mês anterior, segundo a estimativa rápida do Eurostat. Esta evolução foi suportada tanto pela subida do segmento de engenharia civil como pela construção de edifícios.

Olhando para o caso de Portugal, este indicador avançou 2,3% em Dezembro face ao mês anterior. Ainda assim, a maior subida registada entre os Estados-membros foi protagonizada pela Roménia, seguida pela França e Hungria. Por outro lado, a Eslováquia e a Espanha foram os países que registaram a maior queda.

Face a Dezembro de 2016, a produção na construção aumentou 0,5% na Zona Euro e 1,5% na União a 28.

Em média, a produção na construção no ano de 2017, face aos 12 meses anteriores, aumentou 2,4% na Zona Euro e 3,5% na União Europeia, segundo os dados do Eurostat.




A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentários mais recentes
Anónimo 19.02.2018

Para quê?? Tantas casas ... Isto vai azedar para o lado de alguém..

pub