Indústria Prozis vai investir 15 milhões e criar 1.200 empregos na Maia

Prozis vai investir 15 milhões e criar 1.200 empregos na Maia

A empresa de Miguel Milhão, líder europeu em nutrição desportiva e alimentação funcional, vai instalar na Maia o seu novo centro tecnológico de I&D, tendo já em curso a contratação de 300 pessoas, sobretudo nas áreas da programação e dos sistemas informáticos.
Prozis vai investir 15 milhões e criar 1.200 empregos na Maia
Fundada por Miguel Milhão em 2007, a Prozis apresenta-se como líder europeu em nutrição desportiva e alimentação funcional.
Rui Neves 14 de setembro de 2018 às 18:29

A Maia conseguiu atrair mais um grande investimento para o concelho: o novo centro tecnológico de I&D do grupo Prozis, denominado Prozis Tech, que será publicamente apresentado na próxima quarta-feira, 19 de Setembro.

 

"Estou muito satisfeito que a Prozis tenha escolhido a Maia para instalar a sua unidade de investigação e desenvolvimento. Trata-se de um investimento relevantíssimo para a economia nacional, na ordem dos 15 milhões de euros, e instalará na Maia 1.200 postos de trabalho altamente qualificados", revelou o presidente da Câmara da Maia ao Negócios.

 

António Silva Tiago garantiu que "já está em curso o processo de recrutamento para a entrada imediata de 300 colaboradores, sobretudo nas áreas da programação e dos sistemas informáticos".

 

Sobre a Prozis, o autarca enfatizou o facto de se tratar de "uma das maiores lojas de nutrição desportiva da Europa, com um alcance verdadeiramente global, presente em mais de 100 mercados internacionais e fornecedora oficial de algumas das maiores potências desportivas mundiais, como o Valência, de Espanha, o Mónaco, de França, e os portugueses Benfica e Sporting, entre muitos outros".

 

"Mas o que me deixa particularmente orgulhoso é que a localização da nova unidade tenha sido escolhida por inquérito interno aos trabalhadores da Prozis, o que demonstra a enorme capacidade de atracção da Maia", sublinhou, ainda, António Silva Tiago.

 

De resto, rematou, aquando da apresentação do projecto "serão comunicados os argumentos magnéticos que caracterizam o território concelhio da Maia e se revelaram determinantes no exigente processo de selecção do Prozis Group para aqui instalar este novo centro de investigação e desenvolvimento".

O novo centro de I&D da Prozis vai ser construído na freguesia de Moreira da Maia, junto ao Parque de Ciência e Tecnologia da Maia (Tecmaia).

 

"Reconhecida globalmente como uma das poucas empresas 4.0, de estrutura vertical, com forte componente tecnológica", a Prozis apresenta-se como líder mundial em nutrição desportiva e alimentação funcional.

 

Fundada em 2007 por Miguel Milhão, a Prozis, que facturou 60 milhões de euros em 2016, com a exportação a valer 90% do total, está sediada em Esposende e tem actualmente em construção uma unidade industrial na Póvoa de Lanhoso, num investimento de 12 milhões de euros.




pub