Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

PT cai mais de 1% após Estado vetar venda da Vivo

Os títulos da Portugal Telecom (PT) aliviaram das quedas registadas após o regresso à negociação, tendo encerrado a sessão a cair 1,45% para os 8,18 euros. Em dia de Assembleia-Geral foram negociados mais de 27 milhões de títulos, mais de seis vezes a média dos últimos seis meses.

Negócios negocios@negocios.pt 30 de Junho de 2010 às 17:01
  • Partilhar artigo
  • 2
  • ...
Os títulos da Portugal Telecom (PT) aliviaram das quedas registadas após o regresso à negociação, tendo encerrado a sessão a cair 1,45% para os 8,18 euros. Em dia de Assembleia-Geral foram negociados mais de 27 milhões de títulos, mais de seis vezes a média dos últimos seis meses.

Após o regresso à negociação às 15h00, depois do encerramento da Assembleia-Geral (AG), as acções da PT caíram 6,61% para os 7,75 euros. Chegaram a cair um máximo de 7,11% mas aliviaram as perdas até ao final da sessão.

Os títulos da operadora fecharam o dia a cair 1,45% para negociar nos 8,18 euros, com 27,22 milhões de títulos negociados, mais de seis vezes a média dos últimos seis meses.

Os investidores reagiram negativamente ao veto do Governo à proposta da Telefónica de compra da Vivo, com a utilização da "golden share".

Antes de serem suspensas, perto das 11h00, os títulos da Portugal Telecom chegaram a subir um máximo de 8,80% para os 9,03 euros. As acções reagiram em alta à melhoria do valor da oferta da Telefónica.

Esta manhã, a operadora aumento o valor da oferta em 10% para um total de 7,15 mil milhões de euros.
Esta proposta foi aceite por 74% do capital presente na AG mas vetada pela "golden share" do governo português.

Desde que a Telefónica avançou com a proposta original de 5,7 mil milhões de euros, numa carta de 6 de Maio, as acções da PT subiram 25,3%, até aos 8,85 euros a que negoceiam no início da sessão de hoje (antes de serem suspensas). A cotação máxima neste período foi de 9,12 euros, valor alcançado a 2 de Junho.
Ver comentários
Outras Notícias