Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

PT desliza 3,5% pressionada pela multa da Concorrência

Os investidores penalizaram fortemente a Portugal Telecom na sessão de hoje, a reflectir a multa de 45 milhões de euros da Autoridade da Concorrência (AdC) por abuso de posição dominante. As acções da PT caíram 3,5%. A Zon, que também foi multada registou uma queda mais leve.

  • Partilhar artigo
  • 5
  • ...
Os investidores penalizaram fortemente a Portugal Telecom na sessão de hoje, a reflectir a multa de 45 milhões de euros da Autoridade da Concorrência (AdC) por abuso de posição dominante. As acções da PT caíram3,5%. A Zon, que também foi multada registou uma queda mais leve.

A Portugal Telecom caiu 3,58% para 7,01 euros e a Zon Multimédia recuou 0,51% para 4,09 euros. A Sonaecom acabou por ser arrastada pelo sentimento negativo, desvalorizando 1,72%.

A Portugal Telecom ficou condenada ao pagamento de 45,016 milhões de euros, um montante que Zeinal Bava disse, à Lusa, ser “"ilegal e totalmente desproporcionado e desenquadrado das condições de mercado".

A Zon Multimédia foi multada em 8 milhões de euros. A empresa liderada por Rodrigo Costa “lamenta que a AdC só agora decida sobre factos ocorridos há mais de 7 anos, já que actualmente, por força do processo de “spin-off” do Grupo PT, ocorrido em 7 de Novembro de 2007, a ZON Multimédia tem uma base accionista completamente diversa, operando de forma totalmente independente no mercado de telecomunicações”, segundo diz no comunicado enviado à CMVM.

Ambas as operadoras vão recorrer da decisão, dizem nos mesmos comunicados.

Já a Sonaecom está “muito satisfeita” com a decisão da Autoridade da Concorrência em condenar a PT e a Zon por abuso de posição dominante, disse Lobo Xavier. O administrador da empresa, em declarações ao Negócios, disse que os seis anos que passaram apenas “favoreceram os infractores”.

Ver comentários
Outras Notícias