Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

PT dispensa 1.500 empregados na unidade fixa até ao terceiro trimestre; poupança de 45 milhões

A Portugal Telecom (PT), nas metas traçadas para este ano, diz que vai reduzir 1.500 funcionários na PT Comunicações, ao longo dos três primeiros trimestres de 2003. A empresa espera uma poupança anual de 45 milhões de euros.

Pedro Carvalho pc@mediafin.pt 24 de Junho de 2003 às 10:16
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
A Portugal Telecom (PT), nas metas traçadas para este ano, diz que vai reduzir 1.500 funcionários na PT Comunicações, ao longo dos três primeiros trimestres de 2003. A empresa espera uma poupança anual de 45 milhões de euros.

No relatório entregue aos analistas no «Investor Day» que está a decorrer, a Portugal Telecom (PT) [PTC] diz que em 2003 vai descer o número de funcionários na PT Comunicações (PTC) em 15% até aos 8,8 mil trabalhadores, contra os 10,3 mil contabilizados no final de 2002.

Destes, 425 já terão sido dispensados nos primeiros três meses do ano, enquanto os restantes 1.000 serão dispensados no segundo e terceiro trimestre do corrente ano.

A poupança de custos que a operadora vai beneficiar com esta medida ascende a 45 milhões de euros anualizados. A PT gastou cerca de 79 milhões de euros na PTC no primeiro trimetre, ou seja, cerca de 47,6% do total que é dispendido pelo grupo em salários e remunerações.

O objectivo da PT é terminar 2003 com um rácio de 460 clientes/linhas por cada empregado, o que representa um total de 4,048 clientes de rede fixa. Em 1997 este rácio era de 230, enquanto o número de empregados ascendia a 17,4 milhões.

A PT afirma que o rácio de 460 está em linha com as melhoras práticas do sector na Europa.

A empresa espera adicionalmente que a migração do «back office» da PTC ocorra até ao final deste ano, projectando um ganho gradual de 20 milhões de euros até 2005.

As acções da PT seguiam a desvalorizar 0,16% para 6,44 euros.

Ver comentários
Outras Notícias