Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

PT nunca pagou preço máximo para recomprar acções próprias

O programa de recompra de acções próprias da Portugal Telecom (PT) visa adquirir títulos a um preço máximo de 11,50 euros, mas o histórico das operações anteriores realizadas pela operadora mostra que esta nunca comprou acções ao preço máximo a que se pro

Pedro Carvalho pc@mediafin.pt 23 de Fevereiro de 2007 às 06:20
  • Partilhar artigo
  • ...

O programa de recompra de acções próprias da Portugal Telecom (PT) visa adquirir títulos a um preço máximo de 11,50 euros, mas o histórico das operações anteriores realizadas pela operadora mostra que esta nunca comprou acções ao preço máximo a que se propôs.

Na defesa à oferta pública de aquisição (OPA) da Sonaecom, a equipa de gestão da PT delineou um pacote de dividendos que irá ser pago caso a oferta da Sonaecom caia por terra. Deste pacote faz parte um "share buyback" que visa a recompra de 16,5% do capital da PT, a um preço de até 11,50 euros por acção, envolvendo um montante de até 2,1 mil milhões de euros.

Ver comentários
Outras Notícias