Empresas PT tem flexibilidade para alterar proposta de remuneração accionista

PT tem flexibilidade para alterar proposta de remuneração accionista

Henrique Granadeiro afirmou hoje que o Conselho de Administração, caso considere que haja razões, pode alterar a proposta de remuneração accionista aprovada na assembleia geral de Abril. A proposta contempla a distribuição de três mil milhões de euros em
Filipe Paiva Cardoso 22 de maio de 2006 às 14:01

Henrique Granadeiro afirmou hoje que o Conselho de Administração, caso considere que haja razões, pode alterar a proposta de remuneração accionista aprovada na assembleia geral de Abril. A proposta contempla a distribuição de três mil milhões de euros em três anos.

No entanto, apesar desta flexibilidade, o mesmo responsável disse que «não me parece que o andamento dos resultados seja capaz de afectar essa proposta».

«A proposta do Conselho de Administração será mantida até que o mesmo considere que haja razões para mudar a proposta», explicou Granadeiro.




Marketing Automation certified by E-GOI