Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Quatro investidores conseguiram mais-valias de 3 milhões

Joe Berardo, Patrick Monteiro de Barros, um fundo britânico e um empresário do Norte terão tido conhecimento da OPA do BCP ao BPI antes do seu lançamento. Conseguiram uma mais-valia superior a três milhões de euros. As provas reunidas foram insuficientes

Negócios negocios@negocios.pt 10 de Março de 2008 às 07:47
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

Joe Berardo, Patrick Monteiro de Barros, um fundo britânico e um empresário do Norte terão tido conhecimento da OPA do BCP ao BPI antes do seu lançamento. Conseguiram uma mais-valia superior a três milhões de euros. As provas reunidas foram insuficientes e o Ministério Público arquivou o caso.

Faltou apenas encaixar uma peça do "puzzle" para traçar o percurso da informação que terá levado Joe Berardo, Patrick Monteiro de Barros, o fundo britânico Ruby Capital Partners e Leopoldo Furtado Martins a comprarem acções do BPI na sessão anterior e no próprio dia do anúncio da OPA do BCP sobre o BPI, vendendo-as a seguir com uma mais-valia de 3,14 milhões de euros. Uma peça-chave, que levou o Ministério Público a decidir pelo arquivamento da investigação por crime de abuso de informação privilegiada, participado pela CMVM.

Ver comentários
Mais lidas
Outras Notícias